Pais

Vida após maternidade: é importante reservar um tempo para você

Momentos em família são importantes, mas é bom ter liberdade

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Você apenas conseguirá passar o melhor para o seu filho se estiver bem consigo mesma (Foto: Getty Images)

Você é esposa, filha, prima, amiga, tia… Enfim, uma mulher carrega muitos papeis, mas quando se torna mãe, parece que todos os demais precisam sumir para dar espaço para esse novo ser

É impossível negar que a vinda de um filho muda a cabeça da família e a rotina, mas é fundamental não se esquecer das demais funções e, principalmente, de você. Mãe também é gente e não só merece como precisa se cuidar. 

“Se colocar como prioridade depois da maternidade, é quase uma missão impossível, mas uma mãe que consegue colocar um tempo na agenda para si, também está fazendo bem para os filhos”, explica a terapeuta Rosangela Matos. 

A vida a dois faz bem, mas também é ótimo ter uma certa independência. “As pessoas precisam se realizar não apenas como casal, mas como indivíduo. É assim que ambos evoluem e complementam um ao outro”, acrescenta. 

Quando ambos entendem que podem ser feliz e realizados sem a presença do companheiro, deixam de precisar um do outro para que possam escolher estar um com o outro. Essa mudança faz toda a diferença na saúde da relação. 

“Dentro de uma relação precisa existir o eu, o você e o nós”, opina. Ela é mãe da Renata e fala isso por experiência própria. Assim, ela elogia iniciativas como a do site Antes de Mim, um brechó online feito para você desapegar das peças que seu filho não usa mais e fazer uma renda extra. 

Nesse espaço, também há um lugar para que você desabafe sobre qualquer tema relativo à maternidade. É tudo anônimo e outras mães podem reagir com “curtir”, “abraçar” e “eu também”. 

“Projetos como esse são um grande incentivo para que as mulheres continuem ativas, conversem com outras mães, façam novas amizades, compartilhem dicas, ideias e reforcem sua autonomia”, comemora. 

Para ela, o ato de falar ajuda a aliviar e pensar em soluções para o problema. Ter essa troca é tão importante quanto ter um momento para se curtir. Reservar esse tempo para fazer algo de seu interesse, melhora a autoconfiança e a autoestima. 

“A saúde mental, emocional e até física são fortalecidas quando uma mulher faz coisas para si”, comenta. Por isso, ela brinca: “Se eu tivesse a oportunidade de fazer parte de um grupo como do Antes de Mim nos momentos que me senti sozinha, tenho certeza que teria agregado imensamente para o meu papel de mãe e mulher”. 

Você ainda tem tempo. Sempre dá tempo. Não se deixe de lado. Faça algo que te motive e que faça sentido para você. Desabafe e troque experiências com outras mães. Para criar um filho da melhor forma que deseja, é fundamental que você esteja bem consigo.

 

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Mãe incentiva consumo consciente dentro e fora de casa desapegando online

Empreendedorismo: uma jornada difícil, mas possível

Empreendedora cria peças de crochê para bebês e faz sucesso online