Criança

7 alimentos que espantam a tristeza e o mau-humor para fazer seu dia mais feliz

Porque mãe também é gente e você precisa se preocupar com a sua felicidade

Rhaisa Trombini

Rhaisa Trombini ,Edileyne e Geraldo

Uma alimentação variada é a chave para uma vida feliz (Foto: Getty Images)

Sabemos que seu filho é a maior felicidade da sua vida! Você é a fortaleza dele, o porto seguro, a heroína e a rainha. Mas, quando a tristeza chega, sabemos que você faz de tudo para não deixar seu filho perceber, mas mãe também é gente e tem todo o direito de se sentir mal.

Esse sentimento dificulta a vida, te deixa estressada no trabalho e, quando chega em casa para descansar, fica nervosa lá também. Quem precisa ouvir depois é o seu filho, seu companheiro Mas, existe uma forma muito fácil de lidar com o estresse e a tristeza no seu dia a dia: alimentação!  

A nutricionista Sabina Donadelli, mãe da Antonela, de 9 anos, e do Joaquim, de 6 anos, explicou que “quando estamos deprimidos, temos tendência a optar por alimentos pouco saudáveis, abusar de doces e bebidas alcoólicas, o que só piora ainda mais esses sentimentos ruins.”

Segundo ela, o alimento tem um efeito terapêutico na questão do estresse e da depressão. Quando integrados à sua dieta, trazem resultados efetivos na hora de espantar a tristeza e deixar você com ânimo para um novo dia! Ela aproveitou e deu alguns exemplos de quais alimentos podem deixar seu dia mais feliz!

Pais saudáveis tem filhos saudáveis (Foto: GettyImage)

1. Iogurte e kefir – esses alimentos melhoram a integridade do intestino e a produção de neurotransmissores, pois um intestino agredido, irritado, pode ser causa de depressão.

2. Ovo – tem Biotina, uma vitamina do complexo B que é importante para ajudar nesses sentimentos

3. Abacate e chocolate amargo – são gorduras, como a vitamina D (do sol), e ajudam a controlar os sentimentos de tristeza. O chocolate é precursor da serotonina, o neurotransmissor da felicidade!

4. Aveia – também melhoram o intestino, além de antioxidantes que melhoram o humor

5. Banana, morango, couve – são alimentos ricos em micronutrientes que são precursores de neurotransmissores, como serotonina

6. Melancia – essa fruta é antioxidante, mas Sabina não recomenda que o suco seja tomado SEMPRE que se sentir triste, pois ele tem alto índice glicêmico e pode levar ao desenvolvimento de diabetes. Mas, em uma situação de emergência, ele tem o poder de melhorar o humor bem rápido!

7. Gengibre açafrão – são temperos que também melhoram o humor e a sensação de tristeza!

Alimentar seu filho bem pode ser mais fácil do que você pensa (Foto:iStock)

O efeito nas crianças é o mesmo que nos adultos, porém ainda mais forte! Mas a gente sabe não é todo filho que se recusa a comer, então a dica que Sabina da é introduzir alimentos diferentes durante a primeira infância, sempre tomando cuidado para não impor, pois ele pode acabar desenvolver um trauma.

Além disso, se a mãe se alimentar bem e com vários tipos de comida durante a gestação “ela já começa a passar essas informações para a criança. Durante a amamentação também é muito importante”, explicou a nutricionista

Mas, se quer um filho saudável, você deve ser saudável também! “A criança precisa ter exemplo, se ela crescem vendo os pai comendo bem, ela vai querer crescer imitar isso.” Sabina é a maior prova disso! Seu filho mais novo é ovolactovegetariano, pois cresceu vendo a mãe não comer carne. Já a mais velha acompanha o pai na hora de comer a proteína.

Leia também: 

Dia Mundial de Combate à Obesidade: o distúrbio também é desnutrição

Nutrição adequada nos primeiros 1000 dias do bebê é fundamental

Criança pode ser vegana? Saiba como pôr em prática esse estilo de alimentação em casa