Criança

Aos 108 anos, morre francês que salvou cerca de 350 crianças na 2ª Guerra Mundial e você precisa conhecê-lo

Ele emocionou o mundo ao contar porque decidiu salvar essas vidas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Georges salvou centenas de crianças judias durante a Segunda Guerra Mundial (Foto: reprodução / Youtube)

Morreu na última sexta-feira (28), aos 108 anos, Georges Loinger, famoso militante da resistência judia que salvou centenas de crianças durante a Segunda Guerra Mundial, na França.

A informação foi passada pela Fundação para a Memória do Holocausto na manhã de sábado. A nota divulgada pela fundação definia Loinger como excepcional. “Com isso, desaparece um homem excepcional, cujo combate ficará marcado nas memórias”, escreveram.

Loinger levava pequenos grupos de criança e os fazia passar em segurança pela fronteira da França com a Suíça (Foto: reprodução / Youtube)

Loinger nasceu em Estrasburgo, na França, em 1910. Durante a Segunda Grande Guerra, ele salvou mais de 350 crianças francesas e alemãs ao levar pequenos grupos e fazê-los passar em segurança pela fronteira da França com a Suíça.

Ao longo de sua vida, o herói recebeu títulos e condecorações como a de comandante da Legião de Honra, a Medalha da Resistência e a Cruz de Guerra. Georges também presidiu a Associação de Resistência Judaica da França (ARJF).

“Fiz o que tinha que fazer”, disse sobre o ato heroico (Foto: reprodução / Youtube)

Ao receber o título e a condecoração de comandante da Legião de Honra francesa, em 2005, Loinger foi perguntado sobre a motivação de seus atos heroicos. A resposta foi um simples: “fiz o que tinha que fazer”.

Leia também:

Boa notícia: brasileiro brinca com crianças vítimas da guerra do Iraque

Herói! Avô consegue salvar neto de ataque de cobra

Pequena heroína: menina de três anos salva a vida do pai