Criança

Barbie comemora 60 anos mostrando que nada é impossível para meninas

A boneca já teve mais de 200 profissões

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Com apenas 60 anos a Barbie já teve 200 profissões (Foto: Divulgação)

Ela foi criada em 1959 por uma mulher, uma mãe, que percebeu que a filha gostava de brincar com bonecas que trocavam de roupas. As bonecas, até então, tinham fisionomias de bebês. E as que possuiam maior variedade de estilo, eram as de papel. E ela resolveu, assim, criar uma boneca como a filha queria e que pudesse representar as adolescentes.

Ruth Handler, co-fundadora da Mattel, percebeu que as adolescentes precisavam ser mais representadas por bonecas que não fossem apenas de papel. Em uma feira de brinquedos em Nova York, a mãe, lançou a boneca em homenagem a filha. A menina era Bárbara Handler, mas carinhosamente chamada de Barbie por amigos e família.

Assim que lançada, a Barbie ficou conhecida como: “modelo tenneger vestida na moda” fazendo com que os planos de Ruth fossem bem sucedidos. A Barbie quebrou barreiras, deixou de ser apenas uma boneca, virou umas das maiores marcas do mundo e um ícone fashion.

A primeira Barbie foi lançada em uma feira de brinquedos no ano de 1959 (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

A boneca mais bem sucedida e famosa do mundo não poderia ficar apenas desfilando e sendo um rostinho bonito. Na entrada dos anos 60, Barbie já tinha passeado por algumas profissões, estilista e aeromoça, eram algumas delas. Em 1962 ela já tinha conquistado um carro e uma casa dos sonhos.

Em 1960 Barbie ganha as primeiras profissões (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

 

Como toda mulher bem decidida e empoderada. Barbie conquistou sua primeira casa e carro (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

Aos 60 anos de idade e mais jovem do que nunca, a Barbie está há seis décadas fazendo com que meninas em todo o mundo possam sonhar e saber que elas podem ser qualquer coisa. A hashtag global do lançamento revela bem esse ideal: #YouCanBeAnything ou #VocêPodeSerQualquerCoisa. A Barbie Astronauta, por exemplo, lançada em 1965 foi a lua, antes mesmo do homem, que só pisou lá em 1969.

Barbie foi a Lua e não viu mais limites (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

Em 1968, a boneca Christie entrou em cena, a amiga negra da Barbie, alguns anos depois a marca resolveu criar Barbies negras, como a própria boneca principal e não simplesmente uma amiga.

A primeira boneca negra surge em 1968,como amiga da Barbie (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

Em 1970 as profissões da Barbie começaram a ficar mais desafiantes, agora, a Barbie já pode até ser uma cirurgiã bem sucedida. As décadas de 80 e 90 também foram bem movimentadas, em 1980 foram criadas Barbies de nacionalidades diferentes, representando várias culturas.

Grandes nomes do mundo da moda como Christian Dior, Chanel, Versace, Givenchy, Carolina Herrera, Donna Karan, Giorgio Armani e Alexandre Herchcovitch a vestiram em várias ocasiões. Já são mais de 200 modelos de Barbie Fashionista (o mais tradicional de todos) representado mais de 150 profissões. A Barbie já foi astronauta, médica, veterinária, engenheira, professora e até presidente dos Estados Unidos.

A Barbie cirurgiã revolucionou assim como as Barbies pelo mundo (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

 

Vestida pelos melhores estilistas por que não concorrer pela presidência? (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

Depois de tantas conquistas, você pensa que ela se aposentou? Muito pelo contrário, depois da virada do milênio, novas profissões, até mesmo uma Barbie que sabe LIBRAS, foram adicionadas à coleção e a empresa falou sobre isso: “A Barbie acredita que as meninas nunca devem conhecer um mundo, emprego ou sonho que as mulheres não conquistaram. Através de nossa plataforma global, estamos iniciando um movimento para ajudar a fechar o Dream Gap (distância/espaço do sonho) e estabelecer ainda mais a Barbie como a melhor marca de empoderamento de meninas.”

Para aumentar a diversidade e a representatividade em 2000 a Barbie aprendeu LIBRAS (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

 

Aviadora, Engenheira a Barbie e todas as meninas podem ser o que quiserem (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

 

A profissão mais moderna de todas também está no catálogo da Barbie (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

A ideia da Mattel, que está presente no Brasil desde 1988 é que as crianças possam se sentir cada vez mais representadas e deixar a boneca mais perto da realidade social. A vice-presidente de design da marca Barbie fala sobre isso:

“Há 60 anos, Barbie é um reflexo da cultura e da moda e isso é fundamental para a relevância contínua da marca. Nosso objetivo, ao desenvolver a Barbie para a próxima geração, é continuar sendo a linha de bonecas mais diversificada do mercado. Este ano, incluímos no portfólio de Barbie bonecas com deficiências físicas para representar melhor as pessoas e o mundo que as crianças veem ao seu redor. Nosso compromisso com a diversidade e a inclusão é um componente essencial de nosso processo de design e estamos orgulhosos por saber que as crianças de hoje conhecerão uma imagem diferente da marca.”

A Barbie adicionou corpos mais reais na linha das bonecas (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

O projeto Dream Gap surgiu em 2018 e é uma iniciativa que tem a ideologia de que não podem existir barreiras entre o sonho e a realização dele.

As meninas podem sim realizar os sonhos (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

O aniversário da boneca é próximo ao dia Internacional da Mulher e por conta disso a coleção também tem uma pegada “girl power” e representa algumas mulheres de personalidade e de histórias icônicas. A linha foi lançada em 2018 e tem Frida Khalo, a campeã olímpica de esgrima e muito mais. 

Frida Khalo entre outras mulheres históricas foram representadas em 2018 (Foto: Reprodução/Instagram @barbie)

E para comemorar essa data tão especial, o 60º aniversário, a Barbie lançou uma linha especial, A nova coleção ganha bonecas com deficiências físicas, na cadeira de rodas e com prótese na perna. Variedades nos tons da pele, cabelos e looks também estão presentes.

Não podemos negar que a boneca está comemorando os 60 anos de história com classe e em grande estilo, tentando inspirar e mostrar que nada é impossível para garotas fortes, elas podem ser o que quiserem, elas podem sonhar e podem fazer acontecer.

Leia Também: 

23 coisas que você com certeza fez quando brincava de Barbie

Você precisa conhecer a criadora da Barbie já!

Como seria se a Barbie tivesse Instagram?