Família

Bebê abandonado no aeroporto encontra pais biológicos depois de 33 anos

Stevie Hydes, abandonado pela mãe com apenas 10 dias de nascimento busca pelos pais para descobrir sua verdadeira história

Samirah Fakhouri

Samirah Fakhouri ,filha de Rose e Fauzi

Menino abandonado no aeroporto (foto: reprodução/Facebook)

No dia 10 de abril de 1986, Steve Hydes foi abandonado no banheiro do aeroporto Gatwick, em Londres, e hoje com 33 anos ele finalmente consegue rastrear seus pais biológicos por meio de testes genealógicos e o uso de DNA. Mesmo com a felicidade de encontrar o pai, fica desolado ao saber que sua mãe faleceu.

Quando foi deixado no aeroporto tinha apenas dez dias de vida e foi encontrado por um vendedor. Depois de passar por adoções e formar sua própria família, Stevie conta pelas redes sociais que 15 anos atrás começou a buscar pelos pais e logo no começo, ele só queria queria conhece-los para que pudesse entender mais sobre sua própria história e de onde ele realmente vinha… Já que todos os investigadores que lhe ajudaram afirmaram que seus pais poderiam ser de qualquer país, já que o aeroporto tinha um fluxo muito grande de viajantes.

Desde que o caso aconteceu, ele passou a aparecer em jornais e ser apresentado em documentários tudo na tentativa de rastrear seus pais biológicos.

Confira!

Como achou os pais biológicos

No Natal do ano passado, Hydes fez um apelo emocional para conseguir rastrear os pais, publicando fotos de sua própria família e fazendo uma relação com a ausência de seus pais e o crescimento rápido de seus filhos.

Homem abandonado no aeroporto com sua família (foto: reprodução/Facebook)

A história é muito mais complexa do que parece, Stevie descobriu uma ligação para a polícia, de uma jovem que dizia ser sua mãe. Entretanto, a polícia mesmo parece ter destruído os arquivos sobre seu caso, incluindo detalhes da ligação. O que deixa tudo ainda mais suspeito.

Sendo apelidado como “Gary Gatwick” por conta do aeroporto e um ursinho que os funcionários deram ao bebê abandonado, Stevie entra em contato com o pai por telefone por conta dos testes genealógicos feitos por ginecologistas amigos, e descobre que sua mãe faleceu antes que ele pudesse encontra-la. Sem contar que nem o pai e nem os irmãos biológicos sabiam da existência dele.

“Algumas boas notícias! Após 15 anos de pesquisa, tenho a satisfação de confirmar que, com o árduo trabalho de Genealogistas Genéticos, CeCe Moore e Helen Riding, pudemos localizar e confirmar minha família biológica. Infelizmente minha mãe biológica faleceu, então não consigo descobrir exatamente o que aconteceu e por quê. No entanto, encontrei meu pai biológico e meus irmãos de ambos os lados, que não sabiam da minha existência.” Diz postagem

O caso de Hydes é mundialmente conhecido por conta da relevância que os jornais da época deram para a história, toda a sua descoberta foi relatada pelo Facebook de Hydes.

 

Leia também: 

No final do ano o abandono de cães e gatos cresce em 200% e você precisa saber o motivo

Você sabia que o abandono afetivo do pai pode levar à indenização? 

Criança grava vídeo revoltada com abandono de praça em Minas Gerais