Bebês

Bebê de 3 meses é flagrado com chupeta presa por esparadrapo em hospital e vídeo choca

A mãe da criança tinha ido em casa verificar o filho mais velho quando tudo aconteceu

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Daily Mail/Reprodução)

Um bebê de três meses, identificado como I. A. Kartoev, foi filmado em um hospital russo com uma chupeta presa à boca por esparadrapo. O vídeo circulou na internet e causou revolta nos internautas, pois a criança aparece claramente desconfortável com a chupeta.

As cenas foram gravadas por uma suposta mãe que estava no hospital e flagrou o momento. “Aqui é um centro perinatal na Inguchétia. Este bebê está agora na enfermaria, em uma sala fria, sem aquecedores. A mãe dele não está por perto. A chupeta está presa com esparadrapo, apesar de o garoto ter problemas nos pulmões.”

No vídeo de pouco mais de 40 segundos, é possível ver que a criança recém-nascida se contorce e resmunga, chorando, tentando se livrar da chupeta, sem sucesso.

Na publicação do vídeo, diversos internautas se mostraram revoltados com o ato. “A pobre criança mal nasceu e já encarou a crueldade”, comentou alguém. “Estar no hospital com uma criança é ter que lutar com tudo mundo. Inaceitável!”, escreveu outra pessoa.

De acordo com o jornal britânico Daily News, O Centro Perinatal Republicano, hospital onde as cenas foram gravadas, negou que qualquer médico ou enfermeiro da instituição tenha grudado a chupeta com o esparadrapo.

O médico-chefe do centro, Khadi Ugurchieva, afirmou que a enfermeira responsável pela área se ausentou “literalmente, de três a cinco minutos”, tempo no qual tudo aconteceu.

Ele ainda reclamou das filmagens, dizendo que “as filmagens não causaram danos físicos à saúde da criança, mas causaram danos morais. Também prejudicaram os funcionários e os pacientes que estão aqui”.

Segundo fontes, o bebê nasceu prematuramente em setembro e desde então a mãe tem ficado com ele quase 24 horas por dia, mas teve que se ausentar por algumas horas para verificar seu outro filho.

A polícia local abriu uma investigação para descobrir quem foi o autor do abuso à criança e o porque do flagra não ter sido denunciado imediatamente. As filmagens do sistema de segurança do hospital também estão sendo analisadas.

Um jornal russo noticiou que uma mãe cujo nome não foi revelado assumiu a autoria, mas a polícia não confirmou.

Leia também:

Menina de 2 anos cai em jaula de rinocerontes e choca visitantes

Bebê de 10 meses é resgatado com vida de explosão na Rússia e vídeo choca

Padre é afastado da igreja após quase afogar criança de 2 anos em batismo e vídeo choca