Família

Depois de perder o filho, pai escreve as 10 lições mais importantes que aprendeu com a morte dele

O menino tinha apenas três anos

Marina Paschoal

Marina Paschoal ,Filha de Selma e Antônio Jorge

Richard e Hughie, que morreu aos 3 anos (Foto: Reprodução / Facebook / Richard Pingle)

Separe o lencinho para continuar a leitura. Este pai britânico, Richard Pingle, perdeu seu filho Hughie, de três anos, depois dele sofrer uma hemorragia cerebral recorrente de uma doença que já tinha. “Ele tinha um problema de saúde, mas estava tão bem. A chance do sangramento era de apenas 5%, mas, infelizmente, aconteceu no ano passado e ele não sobreviveu“, contou em entrevista ao The Daily Mirror.

E foi apenas um ano depois da perda do menino que Richard resolveu compartilhar uma lista com as 10 lições mais importantes que aprendeu desde a morte do filho.

1 Você nunca poderá beijá-lo e amá-lo demais.

2 Você sempre tem tempo. Pare o que está fazendo e brinque com ele, mesmo que seja por um minuto. Nada é tão importante assim que não possa esperar.

3 Tire o máximo de fotos e grave quantos vídeos puder. Um dia isso pode ser tudo o que você tem.

4 Não gaste dinheiro, gaste tempo. Você acha que o quanto você gasta importa? Isso não importa. O que importa é o que você faz. Pule em pula-pula, saia para uma caminhada. Nade no mar, construa um acampamento e se divirta. Isso é tudo o que eles querem. Eu não consigo me lembrar o que compramos para Hughie, mas me lembro claramente de tudo o que fizemos por ele.

5 Cante. Cantem músicas juntos. Minhas memórias mais felizes são dele sentado no meu ombro ou perto de mim no carro e cantando as nossas músicas favoritas. Memórias são criadas a partir das músicas.

O post feito por Richard no Facebook viralizou (Foto: Reprodução / Facebook / Richard Pingle)

6 Aprecie as pequenas coisas. Ficar junto à noite, na hora de dormir, ler um livro juntos. Jantar juntos. Domingos preguiçosos. Aprecie os pequenos momentos. Eles são o que eu mais sinto falta. Não deixe que esses momentos especiais passem despercebidos.

7 Sempre dê um beijo de despedida naqueles que você ama. E se esquecer, volte lá e o faça. Você nunca sabe quando será a última chance de fazer isso.

8 Faça as coisas chatas ficarem divertidas. Idas às compras, viagens de carro, passeios no shopping. Seja bobo, conte piadas, ria, sorria e aproveitem a companhia um dos outros. Elas só serão chatas se vocês a tratarem dessa maneira. A vida é muito curta para não se divertir.

9 Tenha e mantenha um diário. Escreva tudo o que seus filhos fizerem: as coisas engraçadas que eles falam, as coisas fofas que eles fazem. Nós só começamos a fazer isso depois que perdemos Hughie. Nós queríamos nos lembrar de tudo e agora fazemos isso pelos nossos dois filhos caçulas também. Você terá essas memórias escritas para sempre e quando for mais velho, pode voltar às anotações e apreciar cada momento escrito.

10 Se você tem seu filho com você, beije-o toas as noites, tomem café juntos, leve-o até a escola, até a faculdade. Assista ao casamento dele. Você é abençoado, nunca se esqueça disso.

O menino já tinha um problema de saúde e morreu devido uma hemorragia cerebral (Foto: Reprodução / Facebook / Richard Pingle)

Leia também

Menina que impressionou com lista de últimos desejos morre no aniversário da mãe

Mãe decide não contar ao filho de 11 anos que este será o último Natal deles juntos e história emociona

Menino de 9 anos recebe ajuda de voluntários e o motivo é emocionante