Pais

Empreendedorismo feminino: evento reúne especialistas com dicas para você se dar bem no mercado

A 8ª edição do Fórum Empreendedoras acontecerá nos dias 19 e 20 de setembro

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Os ingressos já estão disponíveis no site (Foto: Getty Images)

As mulheres trabalham, em média, três horas a mais por semana do que os homens e ganham apenas dois terços do que eles recebem, segundo o IBGE, não à toa o empreendedorismo feminino cresce cerca de 10% a cada ano, como uma saída em meio ao trabalho tradicional. 

Esse movimento ganha força depois da maternidade, tendo 75% das mulheres criando um negócio após se tornar mãe, já que o mercado costuma fechar ainda mais a porta para esse público, demitindo quase 50% delas após um ano do nascimento dos filhos.

Pensando nisso, a Rede Mulher Empreendedora existe desde 2010 sendo, hoje, a maior rede de apoio a empreendedoras do país. Para ajudar mais mulheres que sonham em montar ou alavancar um negócio próprio, farão um superevento nos dias 19 e 20 de setembro das 9h às 18h

A 8ª edição do Fórum Empreendedoras terá como tema “Propósito e Impacto” e acontecerá no Clube Homs, em São Paulo. Espera-se reunir 4 mil participantes com mais de 100 atrações, entre palestras, mentorias e feira de negócios. 

Manter uma empresa não é fácil. Mesmo depois de anos, Ana Fontes, fundadora do grupo enfatiza essa questão, mas também pontua o benefício de seguir esse caminho: “Empreender é uma jornada. Não é uma corrida de curta distância, mas você consegue organizar a vida de um jeito diferente”.

Por isso, o Fórum irá reunir diversas especialistas no assunto. Já estão confirmadas Mônica Sousa (Mauricio de Sousa Produções), as deputadas federais Tabata Amaral e Joênia Wapichana, Camila Junqueira (CEO da Endeavor Brasil) e Nina Silva (CEO da Black Money), Sonia Hess (VP Mulheres do Brasil) e a Renata Alves (Quebrada Produções). 

“Vamos focar no propósito das empreendedoras e no impacto que esses negócios têm hoje no Brasil. De cada 100 empresas abertas hoje em São Paulo, 52 têm uma mulher à frente, mudando o mundo”, explica Ana Fontes. Ao longo dos dois dias, haverá diversas ações para as empreendedoras.

Terão mentorias individuais, em que elas poderão tirar as dúvidas e orientar seus negócios. A novidade será a Trilha Empreendedora, um espaço de workshops e minicursos com foco prático e os palestrantes Marcelo Nakagawa (Insper), falando sobre como empreender, e Camila Fusco (Facebook) apresentando técnicas de como inovar.

Se você busca dicas de venda, comunicação, soft skills e ainda quer fazer um networking, esse é o evento para você. De acordo com o Sebrae, mais de 24 milhões de mulheres são empreendedoras no Brasil e o Fórum, que acontece anualmente, é a oportunidade de se atualizar e buscar novas formas de se reinventar nesse mercado.

Lá, também será apresentado o resultado da pesquisa do perfil da empreendedora brasileira, feita com apoio da ONU Mulheres e execução da Plano CDE. “Esse é o retrato mais acurado da mulher empreendedora no Brasil, que já estamos traçando há quatro anos. Os dados da pesquisa da Rede Mulher Empreendedora são referência para outros estudos e reportagens que, ao longo do ano, acabam saindo na mídia”, diz Ana Fontes.

No 8º Fórum Empreendedoras também haverá o lançamento de livros de autoras sobre o ambiente empreendedor. Os ingressos já estão à venda no link e custam R$ 140,00 para os dois dias, com todas as atrações inclusas. Conheça mais sobre o evento no site e garanta sua vaga!

Leia também:

Chegou a hora: vamos falar sobre empreendedorismo materno?

Empreendedorismo feminino: como guardar dinheiro para começar meu negócio?

Quer ter seu próprio negócio? Saiba como dar o primeiro passo e se organizar