Família

Felipe Titto prova que é um paizão: “Meu filho foi uma divisão de foco muito grande”

Em entrevista exclusiva, o ator falou sobre família e a experiência de ser pai de um adolescente

Cecilia Malavolta

Cecilia Malavolta ,Filha de Iêda e Afonso

Felipe e Theo desfilaram para a Calvin Klein Jeans na Fashion Weekend Kids (Foto: Reprodução Instagram / @felipetitto)

A 28ª edição da Fashion Weekend Kids aconteceu nos dias 23 e 24 de março, em São Paulo. Direto da Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, o desfile encheu as passarelas de muita tendência e roupa bonita, é claro. No sábado, estiveram presentes as marcas L’ètè, Animê e Calvin Klein Jeans – que contou com a presença do ator Felipe Titto e seu filho, Theo.

Em uma entrevista exclusiva para a Pais&Filhos, Titto contou para a gente sobre sua família e experiência como pai. Vem conferir!

PAIS&FILHOS: Você sempre quis ser pai?

FELIPE TITTO: Na idade que eu tive o Theo dá para perceber que foi um acidente. Apesar desse fato, eu sempre falo para ele que foi o maior e o melhor acidente na minha vida. Eu nunca quis ser pai, mas hoje em dia é muto mais fácil e mais legal, inclusive. Ele está com 15 anos e eu já tenho 32, mas na época não foi tão fácil assim, foi um perrengue.

PF: Como a sua vida mudou depois que o Theo chegou?

FT: Mudou tudo, porque eu comecei a ter uma responsabilidade diferente. Antes, era eu por mim, e de uma hora para a outra eu tinha um filho que dependia de verdade de mim. Eu acho que isso foi bom porque foi uma divisão de foco muito grande. Muitas das coisas que eu tive que fazer ou tive que abrir mão, foi pelo Theo, tudo de uma maneira positiva.

PF: O que você achou mais desafiador quando caiu a ficha que você virou pai?

FT: Para mim, o que dificulta ou facilita você ser pai no Brasil é se você tem dinheiro ou não. A gente não tem educação nem saúde pública de qualidade, então quando você paga uma escola particular e um convênio médico fica tudo mais simples. O maior desafio hoje é trabalhar e ter condição de manter uma vida digna para o seu filho. Na época que eu virei pai, as coisas não eram simples como são agora para mim.

PF: Como é ver o Theo com 15 anos já?

FT: Dá até medo ver ele desse tamanho. Ele já está roubando minhas roupas, meu tênis… é estranho. Eu perdi partes da infância dele porque eu saía para gravar um negócio, ficava 15 dias e quando eu voltava ele já estava engatinhando, tinha começado a falar.

Felipe e Theo (Foto: Reprodução Instagram / @theo_titto)

PF: O que você aprendeu com isso?

FT: Isso serviu para eu aprender como o tempo passa rápido. Hoje ele já está desse tamanho, falando comigo de igual para igual sobre várias coisas. Ele também é um adolescente que acha que sabe tudo, mas às vezes ele me escuta. Já gosta das músicas boas e me indica algumas também, me conta do rolê que ele foi. Isso é muito doido, porque o tempo passou rápido e não tem mais como voltar. Agora eu me adapto com o que ele está vivendo.

PFE como é ser pai de adolescente?

FT: E aí, Theo, como é ser pai de adolescente?

THEO TITTO: Não deve ser muito fácil (risos)

FT: É muito fácil, né? Não dá problema, é obediente na escola… Apesar da brincadeira, ele vai bem, mesmo passando por alguns perrengues. Eu não posso falar isso porque ele vai achar que está tudo bem, mas eu era um moleque que dava problema na escola, então perto do que eu fazia, o que ele apronta não é nada. Eu sou mega abençoado por isso.

PFO que você mais aprendeu com os seus pais que faz toda a diferença na hora de educar o Theo?

FT: O meu pai sempre foi um cara muito dedicado e trabalhador, isso me deu muito foco para conquistar as minhas coisas. A minha mãe foi uma pessoa que abdicou da vida dela pelos filhos dela. Eu tive um irmão que faleceu e o Theo tem esse nome em homenagem à ele. Minha mãe sempre foi muito superprotetora – não só comigo, mas com o Theo e com os meus irmãos também. Eu tento levar isso de uma forma moderada e deixo o meu filho bem mais solto.

 

PFO que você mais deseja para o seu filho?

FT: Eu desejo que ele seja feliz e faça as escolhas certas. Que ele não erre tanto quanto eu errei e que ele aproveite a oportunidade que ele tem por ser um moleque privilegiado por ter as coisas que eu não pude ter. Espero que ele aproveite isso da melhor forma e leve muito em consideração o estudo e a escola dele. Que ele seja um cara que sabe o valor das coisas, não o preço.

PF: Família é tudo para você?

FT: Família é tudo para mim. Eu abro mão de todas as coisas, trabalho tanto e deixo de dormir justamente pela minha família. São essas pessoas que movimentam a minha vida hoje. Se eu não tivesse eles como propósito eu não teria um terço das coisas que eu tenho hoje – não só financeiramente, mas de foco também. Certamente família é tudo, em primeiro e segundo lugar.

Leia também:

Feira Ópera realiza desfile para mostrar tendências do Verão 2017

Primeiro dia de desfiles na Fashion Weekend Kids

Confira os desfiles que rolaram sábado no Fashion Weekend Kids