Família

Fernanda Gentil fala sobre deixar de ser madrinha para ser mãe: “Quando voltei do velório falei: ‘Beleza, vamos!’”

A apresentadora abriu o coração durante uma entrevista para Thaís Fersoza

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Fernanda Gentil e o filho mais velho (Foto: Reprodução/ Instagram @fernandagentil)

Na última quarta feira a apresentadora Fernanda Gentil deu uma entrevista ao canal de Youtube da atriz Thaís Fersoza, mãe de Melinda e Teodoro. Fernanda é mãe de dois meninos, Lucas de 11 anos e Gabriel de 3. E o assunto da primeira parte do vídeo foi sobre como Gentil se preparou para deixar de ser apenas madrinha e virar mãe com apenas 22 anos.

A mãe biológica de Lucas, Adriana, foi diagnosticada com câncer quando ele tinha 5 meses e acabou falecendo um ano depois. O pai biológico, Marcos, é por coincidência padrinho de Fernanda. Ela disse que mesmo com apenas 22 anos, solteira, ainda na faculdade e estagiando não o deixaria sozinho.

A jornalista sempre teve uma boa relação com o casal diz à Thais Fersoza:”Eu sempre pedi para ser madrinha dos filhos deles, eu só não sabia quando ia vir, eu sempre fui muito próxima dela… e pra mim ser madrinha era treinar para ser mãe” e que quando soube da morte de Adriana entendeu o que iria acontecer: “Quando eu voltei do velória dela, o Lucas tava em casa eu olhei pra ele e… pari… quando eu bati o olho nele, eu falei: entendi, beleza, ‘vamo’ embora.”

Antes de começar a falar de trabalho, e para encerrar o tema “maternidade” Fernanda Gentil comenta sobre a relação que mantém com o filho mais velho: “O Lucas me ensinou muito, eu não sabia que tinha esse gatilho desse amor naquele momento.” e completa: “Na verdade eu falo que ele é meu filho pelo amor que eu sinto por ele, mas eu nunca disse pra ele… enfim, eu sou sempre a dinda”

Veja o vídeo na íntegra:

Leia Também:

Fernanda Gentil faz post emocionante em comemoração ao 11º aniversário do filho

História de adoção: “Não nasceu de nós, mas nasceu para nós”

Na casa da dinda: entenda a importância dos padrinhos