Gravidez

Grávida de quadrigêmeos remove parte de box do banheiro e você não vai acreditar no motivo

O nascimento dos bebês está previsto para janeiro

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

(Foto: Reprodução / Facebook Marcos Silva)

Polyanna precisou adaptar toda a sua casa para receber os quadrigêmeos (Foto: Reprodução / Facebook Marcos Silva)

Polyanna Dourado, 36 anos, está no 7º mês de uma gravidez de quadrigêmeos. Com 1 metro e 20 centímetros de circunferência de barriga, a baiana de Irecê confessou que tem dificuldades para se locomover dentro de sua casa e que precisou adaptar tudo para a chegada dos filhos.

O banheiro, por exemplo, precisou ser adaptado para que Polyanna conseguisse tomar banho: “Eu não consigo passar pela porta, é apertadinho. Nem de lado e nem de frente, por conta disso tivemos que tirar uma parte do box”, ela explicou ao G1.

(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Polyanna diz que não consegue entrar no box para tomar banho por conta da barriga (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Polyanna disse que os bebês costumam se mexer muito durante a noite e que ela precisa dormir com vários travesseiros. O parto das crianças estava marcado para segunda-feira (17), mas os médicos acharam melhor que Polyanna esperasse até o início de janeiro, para que os bebês nasçam mais fortes.

No mês de setembro, ela ganhou um chá de fraldas organizado por um grupo de mulheres que se solidarizou com a gestação. Durante o evento, ela aproveitou para revelar os nomes e o sexo dos bebês: “Leonardo, Júlia e 2 univitelinos, Mateus e Miguel. Um super time!”. Polyanna também contou que as coisas dos bebês estão arrumadas em um grande guarda-roupas na varanda da casa e que a maioria das roupas, fraldas e outros itens foram doados de outras mães.

(Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Dieslan confessou que ficou assustado e preocupado com a gravidez de Polyanna (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Dieslan, marido de Polyanna e pai das crianças, disse que levou um susto quando soube da notícia: “Quando a médica me falou que eram 3 placentas, eu gritei assim: ‘três?’. Vinte dias depois, eu estava andando de moto e aí a Poly me ligou e contou que eram 4. Eu quase caí da moto. Nas primeiras noites a gente fica preocupado, pensando. É difícil criar.”, disse o pai.

Dieslan trabalha em Irecê, norte da Bahia, no ramo de agricultura. O pai disse que está ansioso para a chegada dos filhos: “Toda vida será bem-vinda. Não tem explicação, a emoção é muito grande”.

Leia também:

Brasileira engravida de quadrigêmeos de forma natural

Família de quadrigêmeos faz sucesso mostrando sua rotina na internet

Quadrigêmeos nascem empelicados e a foto impressiona