Família

Mãe descobre que os dois filhos adotivos são irmãos: “Um enorme milagre”

Ela ainda quer adotar um terceiro irmão!

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

Kate e os filhos Grayson e Hannah (Foto: Instagram/Reprodução)

A americana Katie Page, de 35 anos, teve uma surpresa emocionante depois de adotar duas crianças. Mãe solteira, Katie adotou o primeiro filho, Grayson quando ele tinha poucos dias de vida. O garoto que agora tem 2 anos teve dificuldades para se desenvolver fisicamente quando bebê, porque sua mãe biológica era usuária de drogas. Por isso, Katie decidiu dedicar todo seu tempo para cuidar do filho.

Quando Grayson já estava bem melhor, aos 11 meses, a mãe começou a buscar uma irmãzinha para o filho. Algumas semanas depois, ela descobriu que outra criança tinha nascido no mesmo hospital que Grayson e em situação parecida.

“Minha cabeça dizia ‘não’ porque não fazia sentido e não estava nos meus planos, mas algo dentro de mim mandava eu dizer ‘sim'”, conta ela. “Eu pensei comigo mesmo: ‘Você pode fazer isso, você já fez isso antes'”, revelou Katie no site Love What Matters.

Logo no começo, ela notou alguns sinais que despertaram sua curiosidade. Os nomes das mães de Grayson e Hannah eram o mesmo, as datas de aniversário só era diferente por um dia. Ela começou a pensar então se seria possível que os dois filhos fossem irmãos biologicamente.

Grayson e a irmã Hannah (Foto: Instagram/Reprodução)

Querendo descobrir a verdade, Katie entrou em contato com uma assistente social, que riu quando soube da suspeita dela. Mas quando ficou frente a frente com a mãe biológica de Hannah, as dúvidas de Katie sumiram. “Quando finalmente fomos apresentadas, soube instantaneamente que estava olhando para a mãe do meu filho”, revelou.

“Mas, ao mesmo tempo, eu tive que agir completamente normal e não enlouquecer! Ela me deu pequenas dicas sobre sua vida que partiram meu coração. Ela era linda assim como meu filho”, completou.

Sobre a descoberta, Katie diz que foi “um enorme milagre”, e que ela fica se perguntando o que seria dos filhos – irmãos biológicos – se não tivessem sido adotados por ela, mesmo sem saber da verdade.

Mas ela não se arrepende e pretende ainda aumentar a família. “Nossa aventura continua, porque 13 meses depois que Hannah nasceu, a mãe biológica deu as boas-vindas a outro menino neste mundo que estamos promovendo com grandes esperanças de adotar em 2019”, contou.

Uma verdadeira história de família e de amor!

Leia também:

Desabafo: “Meu filho é adotado e eu sou a verdadeira mãe dele”

Reação de garoto de 11 anos ao descobrir que será adotado bomba na internet

Menino adotado por homossexuais escreve texto dizendo ser a criança mais feliz do mundo