Criança

Mãe é expulsa de piscina pública por amamentar filho e desabafa na internet

O caso aconteceu na Austrália

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Mãe é expulsa por amamentar filho na piscina (Foto: Getty Images)

Uma mãe australiana desabafou na internet depois de passar por uma situação constrangedora em uma piscina pública. No post, ela conta que os salva-vidas informaram que amamentar na água era proibido e considerado anti-higiênico. “Ontem foi a segunda vez que os salva-vidas na piscina que levei meu filho, que tem três anos, para fazer aulas de natação me pediram para sair da água porque eu estava amamentando meu caçula de 10 meses. Os motivos que eles me deram foram que comida e bebida não eram permitidos. Derramar leite na água é um risco de higiene e que meu bebê podia vomitar na piscina”, escreveu a mulher em um grupo de Facebook de mães

Mãe desabafa em grupo (Foto: Reprodução / Facebook)

Em uma entrevista ao Yahoo 7, ela conta que na primeira que isso aconteceu, ela se sentiu muito envergonhada e humilhada. Na segunda, ela ficou brava. “Estou mais confiante como mãe e sei dos meus direitos legais de amamentar em qualquer hora e qualquer lugar.”

A política do centro é contraditória, já que os responsáveis devem estar ao menos de um metro dos filhos com menos de 5 anos. Já que o dela tem 3, a forma mais prática que a mãe encontrou foi alimentar o caçula na parte rasa da piscina, enquanto o mais velho nadava. “As razões do salva-vidas são patéticas, mostram uma clara falta de compreensão da biologia humana básica e da lei. É ignorância da parte deles ”, explicou. Na opinião dela, ainda há muita desinformação sobre o assunto.

Leia também: 

Mãe é proibida de amamentar na creche das filhas e desabafo viraliza na internet

Papa Francisco faz discurso emocionante sobre amamentar os filhos dentro da Igreja

Fernanda Gentil desabafa: “Você não é menos mãe por não conseguir amamentar”