Gravidez

Nora de Martinho da Vila descobre grave condição da filha e diz se vai ou não interromper a gestação

O bebê tem uma síndrome conhecida como Hipoplastia do Coração Esquerdo

Cecilia Malavolta

Cecilia Malavolta ,Filha de Iêda e Afonso

A doença foi descoberta na 25ª semana de gestação (Foto: Arquivo Pessoal)

A doença foi descoberta na 25ª semana de gestação (Foto: Arquivo Pessoal)

O sambista Tunico da Vila anunciou que será pai pela quarta vez. Ele já tem três filhos de seu primeiro casamento: Lara, Leonardo e Luah, todos com mais de 20 anos. Agora, ele está à espera de Madalena, fruto de seu casamento com a jornalista Déborah Sathler,  mãe do adolescente Higor, que revelou detalhes de sua gravidez.

De acordo com Déborah, sua bebê foi diagnosticada com a Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo, um problema de saúde muito sério localizado no lado esquerdo do órgão  causada por uma malformação congênita. A doença foi descoberta na 25ª semana de gestação, quando a mãe fez uma ultrassonografia morfológica. “Nunca tinha ouvido falar nisso. A médica detectou uma alteração no coração e falou: ‘vocês vão ter que fazer um ecocardiograma fetal’. No eco confirmou-se a síndrome e o especialista falou que teríamos que nos dirigir ao Rio ou a São Paulo, que são os dois centros com equipe para fazer a cirurgia que ela precisaria fazer quando nascesse”, ela contou.

O problema de Madalena é tão grave que ela e Tunico foram orientados a interromper a gravidez. “Um dos médicos que consultamos chegou a falar: ‘vocês sabem que vocês têm direito de fazer isso?'”. Apesar disso, Déborah e o marido seguiram em frente. “Jamais interromperia minha gravidez porque ela é uma criança especial. Não existe garantia de que vai vir um filho perfeito”, ela contou.  Além de Madalena, Higor também é um filho especial. “Meu filho nasceu prematuro e tem epilepsia e dificuldade de cognição. De forma nenhuma vou pensar que fui punida por Deus”.

Tunico e Déborah esperam a primeira filha do relacionamento (Foto: Arquivo Pessoal)

Tunico e Déborah esperam a primeira filha do relacionamento (Foto: Arquivo Pessoal)

Ela descobriu um grupo no Facebook criado por pais cujos filhos também possuem a Síndrome de Hipoplastia do Coração Esquerdo. Quando viu as publicações, percebeu que muitos pais não aceitam a condição dos filhos. “Muitos ficam revoltados com Deus. Eu o Tunico tentamos ajudar. Muitos nos aplaudem. Eu falo para o meu marido: ‘Tunico, eu estou grávida, eu não posso ficar triste'”, ela contou.

O parto da jornalista está agendado para o dia 23 de janeiro, data que completa 40 semana de gestação. Ela também contou que sempre procura se manter positiva. “Minha missão é gerar sem entristecer. A gente vive em um mundo deprimido. O mal do século é a depressão. E o Tunico e eu ancoramos nossa força em dois pilares: na espiritualidade e na música. A gente vê na arte uma alegria. Tunico continua fazendo shows e trabalhando. E eu também”. Depois que Madalena nascer, ela precisará passar por uma cirurgia. Aos quatro ou cinco meses de vida precisará passar por outra, e uma terceira cirurgia a espera quando ela tiver quatro anos de idade.

Em homenagem à história da filha, Tunico compôs uma música chamada “Coração de Deus”. Dá uma olhada:
“Minha filhinha tão bonita
Vovô ensinou para o seu pai
Os caminhos da vida a caminhar
Jangada chegando lá do mar
Fogueira queimando ao luar
Nós iremos te guiar
Para ter bom coração
Lua prateada pela madrugada
O sol aquece as manhãs
Envolvendo a batucada dos ogãs
Do ventre sagrado criança
Pros seios de mamãe

De amarelinha vai brincar
Livros pra ler e estudar
Na roda de samba será
a mais linda e faceira mulata
Madalena do Espírito Santo
Coração de Deus
E a outra metade irei cuidar

Lá no Rio iremos ver
No Maracanã o Flamengo jogar
Santa Sara abençoar
O verde beijando o mar
Em harmonia com o perfeito azul do céu
E como é linda a nossa Vila Isabel”

Leia também

Síndrome do X frágil: uma doença comum e pouco conhecida

Atriz de Grey’s Anatomy fala sobre as alegrias de ter uma filha com Síndrome de Down

Mãe britânica desabafa sobre como é ter síndrome do pânico após o nascimento do bebê