Família

Pai dá conselho após quase todos os membros da família enfrentarem câncer: “Viva a vida intensamente”

Ele teve uma síndrome rara que foi passada para os filhos geneticamente

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Bia durante seu tratamento contra leucemia (Foto: reprodução/ Produção)

A história de superação e otimismo dessa família vai te deixar boquiaberto!  Regis, pai três filhos, tem uma síndrome rara (Li-Fraumeni) que faz com que a pessoa tem uma predisposição a tumores ósseos na mama, leucemia e etc. Essa condição é genética e pode ser passada de pai para filho.

Os filhos, Ana Carolina, Pedro e Bia já foram detectados com câncer. Bia, que tinha 10 anos, sofria de leucemia e infelizmente não sobreviveu. Mas a menina ensinou muito a família, ela era muito otimista e animava todos no hospital. “Bia foi uma lição para todos nós” conta pai para o portal Razões para acreditar.

Bia durante seu tratamento (Foto: reprodução/ Pinterest)

Regis e Pedro são, respectivamente, pai e irmão da menina, eles fizeram uma tatuagem para homenageá-la. A tatuagem imita a assinatura que Bia deixava em desenhos que a menina espelhava pelo hospital. No mesma época que Bia estava em tratamento seu irmão Pedro enfrentou um câncer no pulmão, ele foi operado e agora trata de um tumor na coluna.

Pai e filho fizeram tatuagem para homenagear Bia (Foto:reprodução/ Pinterest)

O primeiro caso aconteceu com Ana Carolina, a filha mais velha com 22 anos e aluna do oitavo período de medicina na UniNove, teve leucemia, depois de 2 anos de tratamento foi curada. O segundo caso foi descoberto em 2016, Régis apresentou leucemia, no mesmo mês o primeiro tumor de Pedro foi descoberto e a família resolveu fazer alguns exames. Foi quando descobriram a síndrome.

Pai e filhos passam muito tempo juntos, querem passar a imagem de que a vida vale a pena ser vivida.  Régis admite o quanto fica impressionado com a resiliência e força emocional dos filhos, principalmente durante os tratamentos que são tão difíceis e desgastantes. “A Ana Carolina tem uma luz… durante o tratamento dela me acalmava e dizia que não ia me largar tão cedo. O Pedro enfrenta o terceiro tumor com força sem igual e a Bia… a Bia não tinha explicação para tanta alegria e coragem!”

Leia também 

Conheça as novas possibilidades para o tratamento do câncer infantil

Sobrevivente de câncer de mama mostra foto inspiradora de seu último momento amamentando

Mãe vence o câncer de mama e emociona com texto sobre não poder amamentar