Bebês

Que ano foi esse? Duas histórias que mostraram porque você não deve beijar o recém-nascido

Emerson e Brooke vão ficar pra sempre na nossa memória

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

(Foto: iStock)

beijo em recém-nascido, não! (Foto: iStock)

 

Este ano nós, mais uma vez, levantamos a bandeira de que você não deve deixar as pessoas beijarem o seu filho, principalmente quando ainda for recém-nascido e os anticorpos ainda estão se formando. Ou seja, não existe uma imunidade forte ainda. Colocamos aqui duas histórias que chocaram, mas ao mesmo tempo servem de alerta para a gente mudar de comportamento.

Uma mãe do Reino Unido uma história assustadora no Facebook que está fazendo com que alguns novos pais reconsiderem o quão perto os visitantes devem chegar os recém-nascidos.

A saga começou no início deste mês, quando familiares e amigos pararam na casa de Claire Henderson para visitar sua filha de 1 mês, Brooke. Quando um dos visitantes beijou o rosto da menina, ele sem saber transmitiu o vírus herpes simples 1 para ela.

Em adultos, este vírus é irritante, mas para recém-nascidos pode ser mortal, às vezes até fatal. De acordo com a Academia Americana de Pediatria, se não for controlado, pode causar infecções graves, doença cerebral, pulmonar e hepática, feridas na pele e nos olhos. Veja como a bebê ficou:

(Foto: reprodução / Facebook)

Brooke tinha 1 mês de vida (Foto: reprodução / Facebook)

Os pais não perceberam o que estava acontecendo até uma noite, quando notaram que Brooke tinha uma ferida na boca e lábios inchados. Então, Claire lembrou-se de um artigo que sua amiga havia lhe mostrado sobre os perigos do herpes labial em bebês e levou sua filha para o hospital.

Os médicos confirmaram que a recém-nascida tinha o vírus herpes simples 1, mas, felizmente, testes descartaram qualquer dano ao cérebro ou ao fígado. Após cinco dias internada, Brooke conseguiu voltar para casa.

Infelizmente, o mesmo não aconteceu com Emerson. Em um relato no Facebook, uma mãe também alertou as pessoas sobre a doença, aparentemente comum para os adultos, mas que levou sua filha, recém-nascida, de apenas 12 dias a falecer.

A norte-americana Presley Trejo contou que sua filha, Emerson Faye, faleceu após ter sido tocada e beijada por pessoas que a transmitiram o vírus da herpes simples (HSV).

(Foto: reprodução / Facebook)

Emerson com 12 dias de vida (Foto: reprodução / Facebook)

A mãe ainda chama atenção para que as outras pessoas não fiquem tocando no bebê de outras pessoas. “Todos precisam conhecer o que esse vírus faz com crianças e suas famílias. Pessoal, parem de beijar bebês que não são seus. Lavem suas mãos quando se aproximarem de recém-nascidos. Eu já tinha visto histórias de outras crianças morrendo por causa do mesmo vírus, mas nunca imaginei que aconteceria comigo. Desta vez, aconteceu”, escreve Presley.

Trejo explica a forma como a doença se espalha pelo sistema da criança, sem nem deixar que os pais percebam que ela está doente. “Você espalha o vírus por meio da saliva e quando ele atinge o bebê, vai para o seu corpo muito rápido. Ataca primeiro o cérebro e se manifesta como uma meningite. Ela sobe direto ao cérebro e então se espalha por todos os órgãos. ” Segundo a mãe, Emerson nasceu em 25 de julho e faleceu no dia 6 de agosto.

(Foto: reprodução / Facebook)

Emerson faleceu no dia 6 de agosto (Foto: reprodução / Facebook)

Leia também:

Na boca, não! Entenda porque você não deve beijar a boca do seu filho

Você não deve beijar a boca do seu filho e a gente te explica o porquê

Vamos bater sempre nesta tecla: beijar o recém-nascido, não!