Criança

Triste! Menino decide trocar de sobrenome após sofrer bullying na escola

Joshua passará a usar o nome do padrasto

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Joshua Trump vai adotar o sobrenome do padrasto. (Foto: Reprodução)

Joshua Trump vai adotar o sobrenome do padrasto (Foto: Reprodução)

Joshua Trump é um menino estadunidense de 11 anos que começou a sofrer bullying na escola quando o atual presidente do país, Donald Trump, com quem não tem parentesco, anunciou sua candidatura à presidência. 

Na ocasião, os pais de Joshua o mudaram de escola, mas ele continuou sendo vítima de bullying. O menino chegou a ser tirado da escola e passou a ter aulas em casa por um período em 2017 por causa da intimidação que sofria.

Em entrevista para a emissora WPVI, Meghan Trump, mãe do garoto, disse que está assustada com a intensidade da situação. “Ele disse que se odeia, ele odeia o sobrenome e se sente triste todo o tempo. Ele não quer mais se sentir assim. Como mãe, isso é assustador”.

A solução achada pelo casal e pelo filho foi a mudança do sobrenome da criança no sistema educacional. Joshua passará a usar o sobrenome do padrasto, Bobby Berto.

Os cinco alunos identificados pela polícia por fazerem intimidação à Joshua durante a aula de educação física e no ônibus escolar foram punidos disciplinarmente por bullying.

De acordo com Mark Mayer, diretor da escola onde o garoto estuda, os professores já não o chamarão mais pelo sobrenome anterior.“Eu sei que os professores estão cientes do sobrenome dele, e eu sei que os professores procuram não falar o último nome”, afirmou.

Leia também:

Já parou para pensar que seu filho pode estar sofrendo bullying?

Pai ajuda filho a enfrentar bullying de uma maneira que ninguém esperava e funciona!

Crianças defendem colega cheerleader com síndrome de down de bullying