Engravidar

5 mitos e verdades sobre engravidar que você não sabia

Reunimos aqui as principais dúvidas sobre o assunto para te ajudar durante essa fase

Gabriela Bertoline

Gabriela Bertoline ,filha de Maria José e Marcel

Muito é falado sobre a gravidez e existem diversas dúvidas sobre o que é verdade e o que é mentira (Foto: Getty Images)

Quando uma mulher quer engravidar, muitas dúvidas vêm automaticamente à cabeça. Nesse período, é comum ouvir todos os tipos de superstições, teorias e informações por aí, que podem confundir as futuras mães. Por isso, é essencial consultar um médico especializado e de confiança para que as perguntas não se transformem em preocupação. 

O ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, autor do livro “Gestação – Mitos e Verdades sob o olhar do obstetra”, desvenda as principais dúvidas, mitos e verdades para te ajudar durante essa fase. Confira:

 

Mulheres que tomam anticoncepcional há muito tempo não engravidam logo depois que param de usar?

MITO: A quantidade de tempo que a mulher tomou anticoncepcional não tem influência sob a fertilidade. Você pode engravidar logo depois que para de usar. O que acontece é que algumas mulheres que usaram anticoncepcional por um longo tempo, podem ficar com os hormônios da pílula grudados nas células de gordura. Esse tipo de caso, mesmo tendo a pausa no uso, os efeitos do método contraceptivo ainda permanecem no organismo por um tempo. Por esse motivo, diversos médicos acreditam ser normal as mulheres tentarem engravidar durante o período de um ano depois de terem parado de usar o anticoncepcional.

 

Mulheres atletas ou que se exercitam muito podem ter maior dificuldade de engravidar?

VERDADE: Exercícios que são muito intensos, como corridas de longa distância, maratonas, e outros tipos de atividade, podem ter como resultado o que é chamado de “amenorreia secundária”, que é uma ausência nos períodos menstruais. Isso acontece quando a gordura do corpo cai em níveis mais baixos do que o necessário para que  a ovulação aconteça. Não é obrigatório que mulheres que façam exercícios intensos não menstruem. Porém, para aquelas mulheres que querem engravidar é indicado reduzir as atividades físicas para níveis que sejam mais moderados, assim não há prejuízo na ovulação.

(Foto: iStock)

 

A endometriose impede a gravidez?

MITO: Ela não impede, mas pode dificultar que a gravidez. Aproximadamente 50% das mulheres que possuem endometriose são inférteis. Para ficar mais claro é necessário entender a diferença entre infertilidade e esterilidade: uma mulher que é estéril não pode engravidar, mas uma mulher que é infértil tem dificuldades para engravidar.

 

Se a mulher tem um ciclo menstrual irregular, pode ter dificuldade para engravidar?

VERDADE: Se o ciclo da mulher for irregular, ela não sabe quando está ovulando, então não tem como indicar quando é seu período fértil para poder programar as relações sexuais e, assim facilitar a concepção. O mais indicado é procurar um ginecologista para que o seu ciclo possa ser regulado.

 

Se as relações sexuais acontecem todos os dias, as chances de a mulher engravidar são maiores?

MITO: A quantidade de espermatozoides diminui com a frequência das ejaculações. O que é aconselhado é que na semana que vem antes da ovulação, o casal que pretende engravidar tenha relações sexuais dia sim, dia não, mas com uma ressalva o “dia sim” precisa cair na metade do ciclo menstrual da mulher. Sendo assim, os espermatozoides têm mais tempo para serem renovados e dessa forma as ejaculações vão ter maior número deles, o que vai acabar facilitando muito a fecundação. 

 

Então vale lembrar que para que tenha a concepção, ou seja, não adianta de nada o homem ter muitas relações sexuais num único dia, já que nas últimas vezes não haverá mais espermatozoides quando tiver a ejaculação.

Leia também: 

Confira os melhores momentos da série Gravidez Sem Neura

6 motivos possíveis para você não conseguir engravidar

Qual a melhor hora para engravidar?