A menstruação atrasou? 7 motivos que você pode considerar além da gravidez

Antes de comemorar ou se desesperar, pense nessas possibilidades que também causam o ciclo tardio para entender o que de fato está acontecendo com você

Resumo da Notícia

  • A menstruação atrasou, e agora?
  • Existem vários motivos que podem estar relacionados ao atraso no ciclo menstrual além da gravidez
  • Antes de comemorar ou se desesperar, certifique-se dessas possibilidades
  • Veja quais são os possíveis motivos
7 condições além dqa gravidez que podem fazer com que a menstruação atrase (Foto: reprodução Pinterest / Parents)

Um pensamento muito comum entre as mulheres quando a menstruação atrasa é: estou grávida? Nem todo atraso, no entanto, é sinônimo de gravidez. Antes de você se desesperar, comemorar, ou ir correndo para a farmácia comprar um teste, é preciso entender alguns outros motivos pelos quais seu ciclo pode estar desregulado.

-Publicidade-

Veja alguns fatores e condições externas que são razões comuns para uma menstruação tardia:

1 – Seu anticoncepcional 

-Publicidade-

Você pode pensar que o controle de natalidade trará mais regularidade no seu ciclo, mas as mulheres que tomam pílulas anticoncepcionais de ciclo prolongado não experimentam a menstruação em um ciclo típico de 28 dias. Isso ocorre porque esses contraceptivos atrasam a quantidade de tempo entre os períodos. “Quando você toma as pílulas ativas por mais de 21 dias, o revestimento do útero permanece estável”, diz George Patounakis, M.D., Ph.D., FACOG, especialista em fertilidade da Progyny na Flórida. “Depois de tomar a pílula inativa, os níveis hormonais caem e desencadeiam a menstruação. O período não é muito comum porque é induzido por medicamentos e não por processos normais”. O que significa que você pode não ter o sangramento típico.

Outros tipos de controle de natalidade hormonal, como dispositivos intra-uterinos (DIU), também podem causar menstruações tardias e irregulares. Dr. Patounakis adverte que nenhum contraceptivo é 100% eficaz na prevenção da gravidez. Portanto, se você não menstruar três ou quatro dias após iniciar a parte inativa da embalagem dos comprimidos, por exemplo, vale fazer um teste.

2 – Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

Durante um ciclo menstrual típico, cada ovário desenvolve aproximadamente cinco folículos, e esses folículos competem para se tornar o dominante que liberará um óvulo maduro na ovulação. Mulheres com SOP geralmente têm folículos adicionais, o que leva esse processo a demorar mais que o normal.

Outros sintomas da SOP incluem ganho de peso e aumento dos níveis do hormônio andrógeno, semelhante à testosterona, que pode causar um crescimento espesso dos cabelos no rosto e nos seios. Mas mesmo sem esses sintomas, não se pode descartar a SOP. “Existem mulheres que não estão acima do peso e não têm cabelos extras que têm ciclos irregulares e um ultrassom mostra que eles têm folículos excessivos”, diz Anuja Vyas, MD, FACOG, da Houston Methodist Obstetrics and Gynecology Associates.

3 – Estresse

Como o estresse afeta o ciclo menstrual é altamente subjetivo, porque o que é considerado estressante depende de cada mulher, diz McDonald. Mover-se pelo país ou lidar com uma situação de trabalho desafiadora pode prejudicar seu ciclo por uma semana ou até fazer com que chegue mais cedo, mas não afetará sua colega, por exemplo.

O estresse pode interferir no hipotálamo, causando um efeito de gota a gota. “O sofrimento emocional pode afetar a região do cérebro que controla a glândula pituitária, que regula os hormônios que estimulam nossos ovários”, explica o Dr. Vyas.

4 – Peso flutuante

É mais provável que a perda excessiva de peso cause um atraso do que o ganho de peso, embora o aumento do peso corporal, quando relacionado a outras condições como a SOP, possa ter um efeito semelhante. “Um índice de massa corporal (IMC) abaixo dos 20 cria um modo de fome no cérebro“, diz McDonald. “É por isso que algumas atletas realmente magras não têm menstruação – o baixo peso cria um ambiente anti-gravidez”.

“A grave perda de peso e anorexia podem interromper a produção do hipotálamo do hormônio folículo estimulante (FSH) e do hormônio luteinizante (LH) que regulam os ovários”, acrescenta o Dr. Vyas.

Os pacientes com SOP podem ser especialmente sensíveis aos números na balança. “Apenas 10% da perda de peso pode levá-los de volta ao seu ciclo após sofrer irregularidades”, explica o Dr. McDonald. “E uma porcentagem semelhante de ganho de peso pode causar uma menstruação atrasada ou nula”.

5 – Perimenopausa

“A média de idade das mulheres que experimentam menopausa é 51 anos, mas muitas começam a ter ciclos menstruais atrasados ​​no final dos 40 anos”, diz o Dr. Vyas. Portanto, em vez dos 28 dias padrão entre os períodos, a menstruação pode chegar com 36 ou 48 dias de intervalo. “Se você tem menos de 45 anos e seu período parar completamente, é possível que esteja passando pela menopausa precoce ou experimentando insuficiência ovariana prematura”, acrescenta ela.

6 – Um tumor hipofisário

Embora seja raro e improvável, às vezes um prolactinoma, um tipo de tumor hipofisário que secreta quantidades excessivas de prolactina, o hormônio que sinaliza a produção de leite materno, é o responsável por um período tardio. Vyas diz que as mulheres que sofrem de dores de cabeça, visão embaçada e secreção dos seios, apesar de não estarem amamentando, além de um ciclo menstrual desativado, devem ser verificadas pelo médico para esse tipo de tumor.

7 – Diabetes e doenças da tireoide

Jay M. Berman, MD, FACOG, chefe de serviços ginecológicos do Harper Hutzel Hospital do Detroit Medical Center e professor de obstetrícia e ginecologia na Wayne State University, diz que outras questões como diabetes e doenças da tireoide podem estar associadas a ciclos menstruais tardios ou ausentes. “Muitas mulheres, por várias razões, ocasionalmente não ovulam e isso pode causar uma menstruação precoce ou atrasada”, diz ele. “Dependendo da história dela, pode ser necessário mais testes para determinar a causa.”

Por fim, é importante observar que o sangramento vaginal após uma menstruação atrasada pode não ser o visitante mensal que você estava esperando. “Qualquer pessoa que sinta sangramento intenso e dor após um atraso e/ou um teste de gravidez positivo deve procurar o médico”, diz o Dr. McDonald.

 

-Publicidade-