Teste de ovulação: funciona mesmo? Saiba quando fazer e como interpretar

Além de serem práticos e fáceis de fazer, os testes de ovulação podem aumentar em até 40% as chances de engravidar

Resumo da Notícia

  • Os testes de ovulação são um jeito rápido e fácil de descobrir quando você está no seu período fértil
  • Eles indicam quais são os dias em que seu corpo está mais preparado para engravidar
  • Segundo a OMS, eles podem aumentar as chances de ficar grávida em até 40%

Assim que um casal decide ter um filho, já começam os primeiros preparativos para receber o bebê. E, logo de cara, costuma aparecer a dúvida: qual é o melhor dia para engravidar? Nem sempre é fácil responder essa pergunta, mas alguns truques e ferramentas podem ajudar.

Os testes de ovulação são confiáveis e podem ser uma boa estratégia para ajudar casais que querem ter um filho (Foto: Getty Images)

Um dos jeitos mais práticos e fáceis de descobrir se você está no seu período fértil são os testes de ovulação. Eles são vendidos em farmácias, feitos em casa e podem aumentar em até 40% as suas chances de engravidar. E quem diz isso é a ciência. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os testes de ovulação são confiáveis e podem ser uma boa estratégia para ajudar casais que querem ter um filho.

Para que a gravidez ocorra, um espermatozoide precisa encontrar um óvulo para fecundar. Acontece que os óvulos só são liberados pelos ovários uma única vez a cada ciclo menstrual. Ou seja, o corpo da mulher só está preparado para receber um bebê em alguns dias específicos do mês. Saber quais são esses dias é uma ajuda e tanto para quem está planejando uma gestação. É aí que os testes de ovulação podem colaborar nessa.

O que é o teste de ovulação?

O teste de ovulação é uma ferramenta que ajuda a descobrir se a mulher está em seu período fértil ou não. Ele é vendido em farmácias e não precisa de receita para comprar. Pode ser muito útil para quem está planejando ter filhos, já que ele aponta quais são os melhores dias para engravidar.

Como funciona um teste de ovulação?

O teste de ovulação pode ser feito em casa e não exige o acompanhamento de um médico. Basta seguir à risca as orientações que vêm descritas na embalagem. O passo a passo pode mudar dependendo da marca e do tipo de teste que você comprar. Num geral, funciona do mesmo jeito que um teste de gravidez: você faz xixi num potinho e mergulha a fita na urina por alguns segundos. Depois, é só esperar o resultado.

A partir do momento em que o teste de ovulação deu positivo, pode ser que você demore de 24 a 36 horas para ovular (Foto: iStock)

Como o teste de ovulação consegue dizer se eu estou no meu período fértil ou não?

O teste de ovulação mede, na verdade, a quantidade de hormônio luteinizante (LH) presente no xixi. Quando o nível de LH aumenta, é um sinal de que a ovulação deve acontecer nos próximos dias. Se o teste der negativo, significa que o nível do hormônio está baixo. Já se o resultado for positivo, quer dizer que o LH atingiu seu “pico” e que você está na fase mais propícia para engravidar.

 

Quando devo fazer o teste de ovulação?

Depende do seu ciclo menstrual. Normalmente, a ovulação e o período fértil acontecem mais ou menos no meio do ciclo. Se você menstrua a cada 28 dias, provavelmente vai ovular perto do 14º. É bom começar a fazer os testes uns 3 ou 4 dias antes.

Para quem tem um ciclo irregular, é um pouco mais difícil de fazer essa conta. Uma alternativa é usar como parâmetro a duração do seu ciclo mais curto nos últimos meses. Se ele durou 35 dias, subtraia 14 desse total. O resultado é uma estimativa de quando provavelmente deve acontecer sua ovulação. Nesse caso, ela deveria acontecer perto do 21º dia. O cálculo a ser feito é esse:

Duração total do ciclo mais curto – 14 = Dia provável de ovulação

De novo, você deve começar a fazer os testes alguns dias antes da previsão de ovulação. Teste diariamente, sempre no mesmo horário, até que o resultado dê positivo. Vale lembrar que os testes são descartáveis e não podem ser reutilizados.

O teste de ovulação deu positivo. E agora?

A partir do momento em que o teste de ovulação deu positivo, pode ser que você demore de 24 a 36 horas para ovular. Segundo Beatrice Nóbrega, ginecologista e obstetra, filha de Silvania e Gláucio, o ideal é começar as tentativas e ter relações sexuais já no dia do teste e também nos 2 dias seguintes.

Diferente do que muita gente pensa, o dia da ovulação não é o único em que a mulher pode ficar grávida. “O período fértil da mulher dura 5 dias: o dia da ovulação e os 4 dias anteriores”, explica. Isso acontece porque os espermatozoides conseguem sobreviver por mais de 72 horas dentro do corpo da mulher, mesmo depois da relação sexual. Por isso, a recomendação é que você comece a fazer sexo mesmo antes de seu teste dar positivo.

Apesar de ser confiável, os testes de ovulação não são garantia de que você vá engravidar

Teste de ovulação positivo quer dizer que eu vou engravidar?

O teste de ovulação apenas indica se a mulher está em seu período fértil ou não. Isso quer dizer que ele aponta quando você tem mais chances de engravidar. Mas ele não é garantia nenhuma de gravidez.

O teste de ovulação deu negativo. Ainda assim tenho chances de ficar grávida?

O teste negativo não quer dizer necessariamente que você não ovulou. Alguns fatores podem atrapalhar o resultado. Evite, por exemplo, usar o primeiro xixi da manhã para fazer o teste.

Para mulheres com ciclo mais espaçado, pode ser que o “falso negativo” apareça com mais frequência. “É pouco provável que o teste funcione para pacientes que têm o ciclo menstrual muito irregular”, explica Beatrice. Se esse for seu caso, a recomendação é procurar um especialista para fazer um acompanhamento e entender o que pode estar acontecendo.

Além do teste de ovulação, existe outro jeito de saber se estou no período fértil?

Sim. O nosso corpo dá alguns sinais de estarmos chegando ao período fértil. Pode ser que sua temperatura basal aumente um pouco e que sua secreção vaginal venha mais clarinha e em maior quantidade, parecendo uma clara de ovo. Algumas mulheres também sentem dor de ovulação, um incômodo que parece uma cólica. Se perceber alguma dessas pistas, provavelmente você está perto de ovular. Ainda assim, esses sinais costumam ser menos precisos do que os testes de ovulação e os ultrassons, por exemplo.