Mães com coronavírus precisam se afastar dos recém-nascidos?

O contato direto pode infectar as crianças. Entenda porque é necessário se prevenir e não arriscar ficar afastado do seu filho

Resumo da Notícia

  • Mães podem ser separadas de recém-nascidos caso estejam com sintomas de covid-19
  • Bebê no Hospital Santa Joana está na UTI e mãe em isolamento domiciliar
  • A criança foi testada positivo para coronavírus
  • Especialista explica cuidados que as mães devem ter com os bebês
Mães podem ser separadas de bebês, caso apresentem sintomas de covid-19 (Foto: Getty Images)

Muitas mulheres grávidas estão passando por diversas inseguranças e aflições em meio a pandemia de coronavírus. O problema é que uma vez apresentando os sintomas principais do vírus, é recomendado a separação da mãe e o bebê após o nascimento.

-Publicidade-

No Hospital Santa Joana foi confirmado o primeiro caso de covid-19 em uma menina recém-nascida, no dia 18 de março. O pai da criança apresentava fortes sintomas de gripe e a mãe relatou tosse e dificuldades para respirar, somente depois que a criança estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), com uma febre de 38 graus e sangue nas fezes. A mãe foi mandada para casa e segue em isolamento longe da filha, mas recebe atualizações do estado de saúde da menina por telefone. Felizmente a bebê já está sendo tratada com antibióticos, mas teve teste positivo para coronavírus.

De acordo com informações da especialista em neonatologia e de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal, Vera Krebs, que ensina na Faculdade de Medicina da USP, publicados pelo Jornal O Globo, é extremamente perigoso o contato de gotículas respiratórias de mãe para o filho. Ela indica o uso de máscara sempre que a mãe se aproximar ou tocar na criança, além de lavar as mãos antes de tocar ou amamentar.

-Publicidade-

Apesar dos cuidados, ainda não se sabe sobre uma possível transmissão do vírus por meio da placenta ou pelo leite materno. “É preciso estudar os efeitos dos fluidos maternos e a transmissão perinatal, que ocorre do parto até a primeira semana de vida. É tudo muito recente”, explicou Vera.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-