Recém-Nascido

Você sabe o que é o Hemangioma?

Apesar de comum entre recém-nascidos, ainda é pouco conhecido. Fique de olho!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

mancha

(Foto: Shutterstock)

Quando Daniel, de 2 anos, filho de Simone, nasceu, repararam que havia uma pequena mancha em formato de gota do lado direito da boca. Os pediatras disseram que não era motivo de preocupação, afinal tratava-se de uma mancha de nascença. Mas, ao completar seis meses de idade, a pequena gota começou a crescer e a inchar, chegando a deformar levemente o lábio do menino. O que era um charme virou algo preocupante!

Casos como o descrito acima são muito comuns, já que a lesão que Daniel tinha sob os lábios é chamada de hemangioma e pouco se sabe sobre ela. A pediatra Rafaella Calmon, mãe de Bárbara e Rafael, esclarece: “É uma mancha avermelhada que pode ser plana ou elevada e que ocorre devido a uma má formação dos vasos sanguíneos na superfície da pele durante o período de formação do bebê”.

As chances da doença acontecer desde o nascimento até o primeiro ano de vida são maiores. Por isso, os pais devem ficar muito atentos e procurar um pediatra quando tiverem suspeitas. O médico avaliará o caso e encaminhará a criança para uma consulta com um especialista. Isso é muito importante visto que a lesão pode se tornar algo mais sério, causando sangramentos e infecções secundárias.

No entanto,  na maioria dos casos, a lesão do hemangioma desaparece sozinha, conforme a criança se desenvolve. Caso ela persista ou aumente de tamanho, há formas de tratamento que dependem da avaliação do médico, do tipo de hemangioma, do grau de profundidade e da localização. “Podem ser tratamentos cirúrgicos, a laser, a base de escleroterapia (injeções nas lesões) ou de medicamentos”, explica Rafaella .

Leia também:

Conheça as 12 doenças mais comuns no primeiro ano de vida do seu filho

Entenda as causas do aparecimento de brotoejas na pele dos bebês

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não