Saúde

5 maneiras de manter a sua vida sexual ativa depois dos filhos

Ter filhos pode prejudicar alguns aspectos da vida pessoal dos pais, incluindo a parte do sexo, mas nós te ajudamos a dar um jeito

Giovanna de Boer

Giovanna de Boer ,filha de Karen e Christiano

Não deixe a sua vida sexual cair no esquecimento (Foto: iStock)

Entre limpar fraldas, cuidar das crianças, levar para a escola, cozinhar e mil outras tarefas você já deve ter se perguntado: O que aconteceu com a minha vida sexual? Acontece que as crianças são especialistas em deixar os pais cansados e não sobra energia para ter um tempo sozinha com o seu parceiro.

Provavelmente os seus filhos não sabem o que é sexo (e só de pensar em explicar para eles o que é você já tem arrepios). É até irônico o tanto que eles conseguem sabotar o mesmo ato que os deu a vida, né? Então, para que você não deixe essa parte da sua vida cair na rotina e no esquecimento da família agitada aqui vão 5 maneiras de voltar à todo vapor:

1. Contrate uma babá

Provavelmente você já pensou nas despesas, mas fica tranquila. Os avós são as melhores babás do mundo, ufa! Chamar os avós para cuidar das crianças pode ser perfeito para você tirar um tempinho de folga e ir se divertir, além de que passar um tempo com familiares é bom para os seus filhos. Deixar as crianças seguras com quem você confia para investir no seu casamento não tem preço. Fora que é supersexy ter que sair de casa e ir para o hotel, né? Vai sem medo de ser feliz!

2. Reforçar a política do “vai dormir”

As rondas pelos corredores da casa podem ajudar a ter um tempinho a sós para vocês dois. Pode até bater a dó na hora que os filhos chamam para você deitar com eles, mas pense que quando ele for dormir coisas mágicas podem acontecer. Por isso, tente criar acordos com o seu marido. Que tal até uma certa hora da noite vocês ficam com os filhos para dormirem e depois vocês vão para o quarto sem filhos?

3. Tranque a Porta

Se você não trancasse a porta toda vez que você fosse ao banheiro, provavelmente teria uma plateia olhando você fazer as suas necessidades. Para evitar mini testemunhas lembre-se de trancar a porta. Claro que se o seu filho precisar de um responsável, você para tudo o que está fazendo, mas trancar a porta pelo menos dá a oportunidade de algumas coisas acontecerem sem se preocupar com quem está olhando ou tentando abrir a porta.

4. Vá para cama cedo – ou pelo menos no horário

Ah, a hora de dormir. A hora mágica do dia em que você não precisa segurar um bebê ou responder perguntas incessantes da curiosidade dos seus filhos. Uma vez que as crianças estão na cama, você luta para conseguir fazer tudo o que não conseguiu fazer durante o dia. É quando você pode ler, arrumar a casa, mas também se reconectar com o maridão. Aproveite esse tempo para voltar às atividades sexuais, mas como toda mãe você fica preocupada com o horário que está indo dormir para não acordar exausta no dia seguinte. Mas não deixe de tentar ir para cama em uma hora que seja boa para criar oportunidades para o romance.

5. Tente não falar muito sobre as crianças

Sexo não é apenas sobre oportunidade. É sobre se reconectar com seu parceiro, e estar conectada, então quando o momento surgir, vai acontecer. Se tudo o que vocês falam é sobre as crianças, então o casal não está muito bem. É preciso lembrar que antes de pais vocês eram um casal, que se amam e é por esse motivo pelo qual vão fazer sexo. Tá tudo bem em de vez em quando acontecer. Mas quando a parte da noite, que vocês estão juntos, começa a ficar estranha, está na hora de rever algumas coisas e de colocar ordem na casa.

Leia também:

Mãe fala sobre ter tido relação sexual duas horas depois de cesárea: “Eu gosto muito de sexo”

Estudo defende que esperma pode prevenir pré-eclâmpsia e enjoos matinais durante a gravidez

Você sabia? Dia da relação sexual pode definir o sexo do bebê