Saúde

Estamos na torcida! Anvisa quer as informações nos rótulos dos alimentos mais claras

Isso vai facilitar a sua escolha!

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Leerer Einkaufswagen im Supermarkt

(Foto: iStock)

Sabemos que é muito importante ler rótulos para entender o que estamos consumindo. Mas essa tarefa nem sempre é fácil. Algumas substâncias podem estar disfarçadas com vários nomes diferentes no mesmo rótulo. No caso do açúcar, por exemplo, ele pode estar como xarope de milho, xarope de glicose ou sacarose. Isso dificulta muito na hora da leitura e, muitas vezes, somos enganados pela indústria.

Pensando nisso, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) quer mudar a maneira que as informações nutricionais dos alimentos são divulgadas nos produtos e fazer um modelo no qual são dados alertas aos consumidores nos rótulos, como: alto em sódio, alto em gorduras saturadas ou alto em açúcares.

Essa interpretação vai ajudar na hora de escolhermos os produtos e trazer informações mais claras a quem está comprando. É esperado que a nova regra seja publicada ainda neste semestre e que os novos rótulos estejam no mercado depois de 180 dias a um ano depois que ela entrar em vigor.

Além disso, os valores da tabela nutricional serão feitos com um padrão de 100 gramas ou 100 ml, muito diferente do que acontece hoje, onde as porções são muitas vezes duas colheres ou então três unidades. Toda essa padronização da uma noção exata ao consumidor do que está consumindo.

A Anvisa mapeou alguns fatores que contribuem para que hajam problemas na leitura dos rótulos. São eles:

  1. O baixo nível de educação e conhecimento nutricional da população brasileira;
  2. As confusões sobre a qualidade nutricional dos alimentos geradas pelo próprio modelo de rotulagem nutricional;
  3. A dificuldade de visualização, leitura, processamento e entendimento da tabela nutricional;
  4. As inconsistências na veracidade das informações nutricionais declaradas;
  5. A ausência de informações nutricionais em muitos alimentos.

Leia mais: