Bebês

Mãe descobre câncer de mama após filho recusar amamentação: “Ele estava cuidando de mim”

O caso aconteceu quando a criança tinha 1 ano de idade

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Uma mãe fez um relato sobre como descobriu o câncer de mama (Foto: Getty Images)

Joanne Carr, de 37 anos, descobriu que tinha câncer de mama porque seu filho de 1 ano não quis ser amamentado pelo peito direito. A reação dele fez com que ela fizesse alguns exames de rotina e sentiu um “caroço de ervilha” no seio, indo procurar um médico.

Joanne foi diagnosticada com câncer ductal invasivo, que é o tipo mais comum de câncer de mama e, às vezes, é chamado de carcinoma ductal infiltrante. Ela passou por oito sessões de quimioterapia, fez uma cirurgia, mas em abril de 2018 ela estava completamente curada.

Em seu relato, postado no Yahoo, ela agradece ao filho Dougie por salvar sua vida, já que quando ele recusou a ser amamentado, fazendo-a procurar o diagnóstico. Joanne disse que ela não teria descoberto o câncer se seu filho não tivesse recusado, porque o nódulo estava bloqueando o duto de leite. “O médico disse que foi um milagre o que Dougie fez. Ele estava cuidando de mim”, ela diz.

Como mulheres com câncer de mama lidam com a amamentação?

Uma série de tratamentos são usados para combater o câncer de mama, como terapia hormonal e quimioterapia, podem ser transferidos para o bebê através do leite materno, de acordo com a American Pregnancy Association (APA). A cirurgia para tratar o câncer de mama também representa um risco – para a própria mulher.

Os médicos podem recomendar que uma mãe com câncer de mama pare de amamentar antes da cirurgia para diminuir o inchaço dos seios e o fluxo sanguíneo para prevenir a infecção. “Nós não recomendamos que as mães amamentem durante o tratamento”, diz Sarah Cate, professora assistente de cirurgia de mama da Icahn School of Medicine, em Nova York.

A Dra. Cate diz que a maioria das mulheres acha que não pode fazer uma mamografia durante a gravidez ou durante a amamentação, mas esse não é o caso. “Se uma mulher estiver amamentando, ela pode bombear o leite ou dar o peito para o filho uma hora antes da mamografia. Se você está grávida e acha que precisa de uma mamografia, pode fazer uma após o primeiro trimestre“, ela explica. “Então, se você se sentir um caroço enquanto estiver grávida ou amamentando, não espere – faça os exames o mais rápido possível”.

Leia também:

Câncer de mama: estudo inédito prova que ter uma dieta com pouca gordura diminui mortes pela doença

Sobrevivente de câncer de mama mostra foto inspiradora de seu último momento amamentando

Mãe vence o câncer de mama e emociona com texto sobre não poder amamentar