Engravidar

Estudo aponta que estresse pode causar infertilidade

A pesquisa foi realizada com 401 mulheres

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

nervosa-gQuando o assunto é engravidar, os mais velhos sempre dizem “pare de se preocupar, uma vez que você parar de tentar ficar grávida, aí é que você vai engravidar”. Bom, agora existe um estudo que diz exatamente isso, Durante o estudo, mulheres com alfa-amilase (um sinal de stress a longo prazo) tem o dobro do risco de serem inférteis.

Em quatro anos, 401 mulheres que pararam de usar quaisquer métodos contraceptivos e tentaram ter filhos se submeteram ao teste de saliva para duas substâncias que demonstram stress: a enzima alfa-amilase e o hormônio cortisol. As mulheres que forneceram a saliva durante o estudo, em dois momentos diferentes: antes e durante o período menstrual, fazendo com que as comparações entre elas fossem feitas do mesmo ponto de partida.

Os pesquisadores analisaram as amostras e então acompanharam as mulheres para avaliar quanto tempo ia demorar até que elas de fato engravidassem. Mulheres que engravidaram durante o primeiro mês do estudo (antes de fornecerem a segunda amostra de saliva) estavam inclusas na análise.

Anúncio

FECHAR

Os cientistas definiram infertilidade como uma falha para engravidar depois de um ano de relação sexual sem contraceptivos. Durante o estudo, 347 mulheres engravidaram e 54 não.

Leia também:

Resort feito para a família é diferencial em Portugal  

Itaú lança documentário para incentivar as crianças à leitura

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não
Envie sugestões
×

Envie suas sugestões