Por que sentimos ciúmes no olhar astrológico

Existem inúmeras dinâmicas sistêmicas inconscientes que nos induzem a esse sentimento e podemos identificá-las através do nosso mapa natal conectado à forma como absorvemos a história dos nossos pais, avós e ancestrais

Você sabe por que nós sentimos ciúmes? O que desencadeia esse sentimento? De que forma isso pode nos prejudicar? O que é sentir ciúmes? Segundo o dicionário, o ciúme significa um sentimento provocado por receio ou suspeita de que a pessoa amada dedique seu interesse e/ou afeto a outrem ou receio de perder algo. Ele é relacionado à posse.

É importante trabalhar a autoconfiança e autoestima para entender o ciúmes do ponto de vista astrológico
É importante trabalhar a autoconfiança e autoestima para entender o ciúmes do ponto de vista astrológico (Foto: Getty Images)

É uma condição que colocamos na relação de que o outro tem que seguir as regras que estimulamos, que não pode ser livre. Mas na verdade existem níveis diferentes e manifestações diferentes desse sentimento.

Na Astrologia Sistêmica, os indicativos que teremos sobre a forma que vamos lidar com esse sentimento seriam os signos masculinos e o que temos de desafios relacionados a nossa autoconfiança e os signos femininos e o que teríamos de desafios relacionados à autoestima. Principalmente se temos  Plutão, Lua, Vênus, Sol e Marte no mapa natal posicionados em aspectos desafiadores nos signos.

E o que está por trás desses desafios nos signos masculinos ou femininos? Quais são as disfunções nisso? Na Sistêmica, vamos olhar para:

  • Bagagem familiar – se eu trago no meu sistema uma história de relacionamentos desequilibrados, se tenho conexão com emaranhados de traições, abandonos, abusos. OBS: Nem todo mundo vai se conectar a essas histórias, isso é individual e está lá no seu mapa.
  • Trauma de abandono e traição, injustiça, rejeição na infância. Enquanto você não trabalhar isso, você vai sentir ciúme. Tudo isso pode ativar um medo de ser abandonado que torna inaceitável e por isso, normalmente o ciumento “expulsa” a pessoa de sua vida, de maneira inconsciente, porque acredita que isso vai trazer alívio. Quem tem problemas com ciúme, tem um vício e vive nesse ciclo, se alimentando com a dúvida, com a desconfiança.

Então, no que temos que trabalhar para curar isso?

Que tal refletir sobre o que seria um relacionamento saudável para você? O intuito, ou proposito do ciúme daquele que sente o ciúme, é terminar a relação. Então, talvez se questione, que parte sua tem tanto medo de sofrer, que está agindo pra empurrar o outro para longe? Ou uma outra reflexão, que eu acho ainda mais importante: que parte sua não quer ficar com essa pessoa? Você realmente aceita quem essa pessoa é, exatamente como ela é?

Existem inúmeras dinâmicas sistêmicas inconscientes que nos induzem ao ciúme e podemos identificá-las através do nosso mapa natal conectado à história de como absorvemos a história dos nossos pais, avós e ancestrais.

Que tal dar um passo para lidar com esse sentimento de forma saudável? Comece cuidando da sua autoestima e autoconfiança, cuide da criança que existe em você. Você vai perceber mudanças incríveis em você e em suas relações.