Seminário

Vai na tua e vem na nossa: tudo o que rolou no 16º Seminário Internacional Pais&Filhos

Saiba como foi o 16º Seminário Internacional Pais&Filhos - (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Publicado em 29/01/2024, às 14h11 por Redação Pais&Filhos


Ninguém conhece o seu filho e a sua realidade melhor do que você. Essa foi a base para construirmos todo o conceito do 16° Seminário Internacional Pais&Filhos, que aconteceu no dia 1° de dezembro de 2023, direto da Unibes Cultural, em São Paulo, das 9h às 18h. Em um dia com palestras, bate-papos, mesa-redonda, sorteios, ativações, sacola de brindes, reforçamos a importância de você confiar no seu instinto, afinal com medo de não ser a “mãe perfeita” muitas mulheres estão desconectadas da própria intuição.

Precisamos resgatar isso. Não tenha medo de confiar no que você acha que é melhor para a sua vida e para o seu filho. Mais uma vez o evento contou com a apresentação da editora-executiva da Pais&Filhos, Andressa Simonini, filha de Branca Helena e Igor, além de Beto Bigatti, pai de Gianluca e Stefano, no comando dos podcasts, transmitidos nas redes sociais, para ninguém ficar de fora dessa! Se você perdeu algum detalhe, não se preocupe, reunimos os destaques do evento nessa matéria. Boa leitura e, claro, VAI NA TUA!

Andressa Simonini apresentou mais uma vez o 16º Seminário e Adriana Cury deu as boas-vindas (Foto: Divulgação)

"Esse seminário é preparado por nós com muito amor e não seria possível sem cada um de vocês” - Adriana Cury, diretora geral da Pais&Filhos, mãe de Alice

Para apresentar o tema do Seminário, uma com analogia a história da Pais&Filhos. Já publicamos mais de 79 mil páginas e escrevemos mais uma ali juntos.

"Criar filhos é ter fé que tudo vai dar certo. Para definir o que entrará nas páginas da sua vida, conte com seu instinto" - Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, filha de Branca Helena e Igor

Palestra 1 - A solidão da mãe solo, com Criz Pàz

A primeira palestra do evento foi com a mãe de Francisco, escritora de oito livros. Ela iniciou o dia de uma forma emocionante, e bem-humorada, trazendo a solidão como tema central. Para falar sobre o assunto, a escritora utilizou a própria história de resiliência. Aos 36 anos, ela engravidou do primeiro filho de forma não planejada, mas muito bem-recebida.

Cris Pàz abriu o Seminário com a primeira palestra do dia (Foto: Divulgação)

“A gravidez é uma verdade que vai crescendo dentro de nós. É uma coisa incrível, eu tinha muito orgulho de estar grávida”. O momento de extrema alegria, dividido com o então namorado Gui Fraga, foi subitamente interrompido pelo falecimento dele, em 17 de janeiro de 2007. “Paralelo à gravidez, a morte é uma verdade disfarçada de absurdo. A gente fica esperando que alguém saia dali e diga que é uma brincadeira. E não era. Eu lembro que eu pensava: quanto tempo até eu morrer também? Porque doía muito. E então eu me dava conta que eu não poderia morrer, porque tinha um outro coração batendo dentro de mim”, completou.

Para ela, a solidão é uma condição inerente do ser humano, mas  quando perdemos alguém chegamos a uma conclusão muito importante: a gente tem a nós. E nesse novo caminho, as escolhas dela foram muito pautadas na intuição: “A coragem é quando a gente tá tão conectada com o que a gente precisa fazer, que a gente faz. Quando a gente fala de intuição, é isso que a gente precisa entender: que às vezes a gente não sabe que sabe, mas sabe”.

Bate-papo 1 - A mãe possível, com Jang Sinn e Xan Ravelli

Jang é mãe de Lotus e Lui, mentora especialista em comunicação familiar multicultural. Xan, mãe de Jade, Rael e Eva, é comunicadora. Elas desabafaram sobre ser uma boa mãe e confiar nos instintos, apesar da cobrança ao redor das mulheres para serem a ‘mãe perfeita’. Antes de chegar ao Brasil, Jang morava na China e contou que apanhava na escola. No país, são 5 mil anos de história de maus-tratos às crianças.

Xan Ravelli e Jang compartilharam a própria experiência (Foto: Divulgação)

“Para eles, bater é uma maneira de deixar a criança mais forte”, disse. Por isso, por muito tempo ela não quis ter filhos, mas o nascimento dos dois mudou a forma de pensar: “O problema nunca são nossos filhos, o problema é a gente. Procurei quem eu era, como eu era como mãe. A mudança não é imediata, mas é diária”.

Por outro lado, Xan relembrou como a mãe dela escolheu se livrar desse histórico de violência. “Tive a sorte de crescer com uma mãe afetuosa” e concluiu: “A gente pensa numa mãe possível, mas sempre falo que não tenho uma vida, tenho quatro. A gente tenta contornar tudo e realizar os nossos sonhos. É um processo de equilibrar todos os pratos”.

Palestra 2 - Vai com medo mesmo, com Silvia Lobo

A psicanalista, psicóloga, socióloga, mãe de Adriana, Suzana e Maurício, foi a responsável por comandar a segunda palestra. Ela ressaltou: “Ser pai e mãe é uma das coisas mais difíceis da vida. Não tem escola e não tem referência segura”. A psicóloga começou contando sua história.

Silvia Lobo é psicóloga e fez a segunda palestra do 16º Seminário (Foto: Divulgação)

Ela casou com 19 anos e demorou sete anos para ter a primeira filha. “Achei que tinham errado tanto comigo que eu estava marcada”, começou. A especialista também tranquilizou o público: “Não existem as categorias de bons pais e maus pais. Não existem aqueles que só erram e não existem aqueles que só acertam. Todos nós falhamos como pais e mães na maior boa vontade. Não existe maternidade sem enganos”.

Para ela, duas palavras estão cada vez mais escassas: Desculpa e Obrigada. “Aqueles que quiserem ser pais e mães e ter um propósito na vida, lembrem-se que as duas palavras são mágicas”, acrescentou.

De acordo com Silvia, os pais precisam analisar mais os filhos: “Olhem e vejam a consequência do que vocês dizem e do que fazem. Ao ver, você percebe o que está dando certo e errado. Os nossos maiores aliados são os nossos filhos, eles assinalam o que erramos e acertamos”. Além disso, a especialista comentou a importância do cuidado ao selecionar quem vai ensinar sobre maternidade e paternidade: “Só os pais de cada criança sabem o que serve para cada filho, trazendo algo que é a sua cara”. Por isso, ela afirmou: vai na tua.

Bate-papo 2 - Filhos do mundo, com Humberto Baltar e Taís e Roberta Bento

O segundo bate-papo contou com Humberto Baltar, pai de Apolo, educador antirracista, e de Roberta e Taís Bento, mãe e filha, colunistas da Pais&Filhos, fundadoras do SOS Educação. Os convidados destacaram a importância da parceria entre escola e parentalidade, descrita por Roberta Bento como “essencial”.

Taís e Roberta Bento reforçaram a importância da parceria entre escola e pais junto de Humberto Baltar (Foto: Divulgação)

A escritora também defendeu uma escola que exponha as crianças aos desafios que serão enfrentados no futuro. Já Taís defendeu que no centro do processo educativo está a valorização dos professores e deu uma dica: “Eu sempre digo para quem vai visitar uma escola pela primeira vez para saber se devem matricular os filhos, que visitem a sala dos professores. É lá que é possível ver o quanto o professor é valorizado dentro daquela instituição e isso vai reverberar na educação da criança”.

Humberto chamou atenção para a necessidade de democratização do acesso do olhar para o ensino formal. “A sociedade como um todo coloca a ideia de que quem tem o letramento é uma pessoa inacessível. Então muitas vezes os professores também colocam essa ‘banca’ de quem tá acima”.

Palestra 3 - Pai também tem instinto, com Marcos Piangers 

A última palestra do dia foi feita pelo veterano dos nossos Seminários. O jornalista, pai de Anita e Aurora, e colunista da Pais&Filhos falou sobre paternidade afetiva. Ele iniciou a conversa apresentando a visão científica sobre instinto. “Biologicamente, a gente sabe que todo mamífero fêmea tem instinto materno. 95% dos mamíferos é a mãe que cuida sozinha do filhote. E em 5% dos casos, nos quais estamos incluídos, existe a chance do pai participar também. E essa diferença é muito bonita”, disse.

Marcos Piangers fechou as palestras do 16º Seminário Internacional Pais&Filhos (Foto: Divulgação)

“Então sim, eu acho que mães têm instinto materno. E acho também que pais têm instinto paterno”, completou mais adiante. Piangers dividiu ainda a informação de que ele próprio é filho de uma mãe solo, criado sem a presença de um pai. "O que sabemos é que, biologicamente, o homem faz um esforço maior para estar envolvido na criação do filho”.

O palestrante aproveitou para reforçar: “Um pai presente importa para a esposa, a criança e para que ele mesmo seja um ser humano melhor”. “O homem também tem transformação hormonal se ele estiver juntinho da esposa durante a gestação”, aponta, “e é lindo e maravilhoso quando isso acontece”.

O comunicador reitera: “O seu esforço de racionalização vem depois que o seu corpo já sabe de tudo. Toda vez que a gente diz não para o que o nosso corpo está falando, a gente fica doente. Nesse balaio, a gente pode interpretar o que é a intuição”. Nesse contexto, ele defendeu a licença-paternidade estendida.

Mesa-redonda - Vai na tua, com Eliezer, Ana Carolina Oliveira, Tina Calamba, Luana Safire e Priscilla Montes 

Ana Carolina, mãe de Isabella, Miguel e Maria Fernanda, que passou pela experiência mais dolorosa da vida ao perder a primeira filha, Isabella Nardoni, de apenas 5 anos, disse: “Passado o julgamento veio uma missão de vida: eu decidi que queria reconhecer a Carol, percebi que eu merecia viver. E não é uma escolha fácil porque é muito mais fácil cair e chorar do que buscar essa reconexão”.

Luana Safire, Eliezer e Ana Carolina Oliveira participaram da mesa-redonda do 16º Seminário (Foto: Divulgação)

Eliezer, pai de Lua, influenciador, falou sobre a própria experiência: “Me sentia um péssimo pai por não estar no mesmo ritmo que a Viih, que desde o primeiro mês entendia cada carinha dela. Foi quando eu decidi que precisava buscar informação. Eu coloquei na cabeça que eu precisava me sentir seguro e deixar a Vitória segura também”.

Luana Safire, mãe de Gabriel e idealizadora do projeto “Ébano Brasil” de combate ao racismo, falou sobre algo que entende bem: a necessidade de autocuidado e autopreservação na maternidade: “Com o tempo eu fui aprendendo e hoje eu me coloco no lugar de me permitir parar e dizer que naquele dia não vou fazer nada. Esse recolhimento é fundamental também porque nós lidamos com feridas muito profundas, como o racismo, que exigem muito de nós e adoecem também. Mas eu também consigo me permitir isso porque tenho uma grande rede de apoio”.

Tina Calamba, mãe de Alana e Raquel, modelo e comunicadora angolana abriu o coração: “Quando engravidei eu já morava no Brasil, longe da minha família, e confesso que achei isso muito legal porque ninguém poderia se meter na educação das minhas filhas. Claro que existe um lado negativo também, e pra passar por ele eu precisei criar uma rede de apoio”.

Priscilla Montes e Tina Calamba completaram o time da mesa-redonda do evento (Foto: Divulgação)

Priscilla Montes, mãe de Gael, educadora parental, completou: “No meu caso, a maternidade me mudou pessoalmente e profissionalmente. Eu tinha muitas certezas durante a gravidez, era cheia de planilhas de excel na geladeira, e quando ele nasceu percebi que não sabia lidar com nada daquilo. Conforme ele foi crescendo, eu fui entendendo um pouco o que eu não queria reproduzir de um ciclo violento de traumas, que eu precisava me munir e buscar um conhecimento sobre educação positiva e outras perspectivas de educação”.

Além do conteúdo no palco, as ativações permitiram várias experiências

  • A Philips Avent trouxe uma exposição com produtos de puericultura leve da marca. Uma mão na roda para os pais.
  • A Tip Top Mega Store expôs produtos de puericultura pesada, junto de roleta com brindes e contou com a presença do mascote Tipguinho.
  • A Granado Bebê permitiu a personalização de rótulos com uma foto do seu filho e teve até máquina de bichinho.
  • Carioca ofereceu uma exposição de produtos e também apresentou um totem interativo para brinde.
  • A Cabanas Bacanas encantou pais e filhos com um espaço lúdico, com cabanas e mesa interativa. Diversão garantida.
  • Amo Vacinas desmistificou tabus, levando uma enfermeira que deu informações sobre vacinação, além da presença do mascote.
  • A Escola Vereda apresentou mais detalhes sobre a instituição, através de um folder explicativo.
  • Doog mais uma vez fez sucesso ao levar hot dogs nos sabores American, Italian, Berlin, French e Classic.
  • Petit Papá ofereceu o nosso coffe e também expôs os principais snacks para a lancheira. Deu água na boca.
  • Magic Algodão mais uma vez trouxe a magia do algodão doce em vários formatos e personagens. Como não se apaixonar?

Sorteio 1

Sucesso sempre, ele não poderia faltar! E nesta edição, tivemos recorde de produtos, para pais e filhos (e toda rede de apoio) aproveitarem. Olha só essa lista:

1 kit de produtos, da Granado Bebê; 1 coleção de produtos, da Carioca; 1 Torre de Carros de Madeira, 1 Triciclo de Madeira, 1 Trenzinho de Madeira e 1 kit organizador de malas, da Tip Top Mega Store; 1 box P e G do clube de assinatura, da Petit Papá; 1 kit de produtos, da Philips Avent; 1 Boneca BFF By Cry Baby, 1 Boneca Cry Babies, 1 Pista Hotwheels, 1 Cachorrinha Lucy Interativa com sons e movimentos e 1 Tubarão de controle remoto Shark Attack, da Multikids; 1 Voucher de R$ 200, do Portal Digital; 3 Livros: Guia para família parceira da escola no pós-pandemia, da Taís e Roberta Bento; 1 Plano de Vacina Mamãe Cuidadosa, da AMO Vacinas; 1 kit de brinquedos, da Candide; 1 Carrinho Wagon e 1 Mesa e Cadeira Rosa Princesinhas, da Styll Baby; 1 Secador de Cabelo, da Lion; 1 Cordão de Luz, 1 Cabana Pet e 1 Cabana Infantil, da Cabanas Bacanas; 1 Cesta de natal, da Casa Bauducco; 1 chapinha, da GA.MA Italy; 2 Mini Impressora + rolo de adesivo extra, da Keep; 1 Cesta Special, da Kopenhagen.

Sorteio 2

Você achou que aquilo era tudo? Mas teve muito mais sorteio para quem estava presente. Olha só a lista completa:

1 Plano de Vacina Papai Cuidadoso, da AMO Vacinas; 1 Andador Multifuncional de Madeira e 1 Carrinho Eva Essential Black, da Tip Top Mega Store; 1 coleção de produtos, da Carioca; 1 kit de produtos, da Philips Avent; 1 kit de produtos, da Granado Bebê; 1 cabana de teto, 1 Casulo Balanço e 1 Cabana Infantil, da Cabanas Bacanas; 1 Patinete Elétrico com kit de proteção e 1 Patinete Elétrico com kit de proteção, da Multikids; 1 Mini Impressora + rolo adesivo extra, da Keep; 1 Secador de cabelo, da Lion; 1 Bicicleta Infantil - Patati Patatá, da Styll Baby; 1 Livro: Mães que fazem mal, da Silvia Lobo; 1 Secador de Cabelo, da GA.MA Italy; 1 Panetone Clássico, da Casa Bauducco; 1 vaporizador digital, da Black+Decker; 1 Cesta Special, da Kopenhagen; 1 Carrinho, da Joie; 1 Quadriciclo azul e 1 Quadriciclo rosa, da Bandeirantes; 1 Carrinho Bliss, 1 Cadeira para auto ayra e 1 Cadeira para auto all stages, da Litet; 1 estadia para família no Clara Resorts + livro: “O Sabor de Compartilhar” da Taiza Krueder, CEO do Clara.

Sacola de brindes

As 300 primeiras pessoas a chegarem no Seminário ainda levaram para casa esse kit de milhões, com presentes pra família toda

  • 1 Dots do Harry Potter com 856 peças , da Lego
  • 1 Amaciante Vida Macia e 1 Sabão Líquido Vida Macia, da Casa KM
  • 1 Seringa para lavagem nasal e 1 Compressa mágica para alívio de febre e dores, da Amo Vacinas
  • 1 Sabonete Líquido Calêndula e 1 Sabonete em Barra Calêndula, da Granado Bebê
  • 1 Loção hidratante corporal, da Raavi
  • 1 Meia de adulto, da Puket
  • 1 Kit com 2 babadores, da  Tip Top Mega Store
  • 2 Sucos de 200 ml, no sabor maçã e laranja, da Mupy
  • 1 Kit de giz de cera, da Carioca
  • Brinquedos sortidos: Pop Squish Toys ou Patinhos para Banho, da Multikids
  • 2 Lápis grafite, da Escola Vereda
  • 1 Caderno de atividades, da Philips Avent
  • 1 Bloco de notas, da Max Fama
Foram 300 sacolas entregues no 16º Seminário (Foto: Divulgação)


Leia também

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

Registro feito por Ana Paula Siebert ao lado de Roberto Justus - Reprodução/Instagram

Família

Roberto Justus fala sobre desgaste no relacionamento com Ana Paula Siebert: “Ela odeia”

Virginia conta planos para chá revelação do terceiro filho - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Virginia dá detalhes do chá revelação do 3º filho: "Diferente dos outros"

Filho de Giovanna Antonelli e Murilo Benício conta projeto profissional: "Sai do meu bolso" - (Foto: Reprodução/Instagram)

Ele cresceu! 🥰

Filho de Giovanna Antonelli e Murilo Benício se torna modelo e prova que a beleza é de família

Ela só queria que o filho se sentisse parte da família (Foto: Reprodução/Facebook

Família

Família adota criança de 12 anos e recebe surpresa de banco: “Não existia, mas criaram um jeito”

Isis Valverde completa 37 anos de vida e fala sobre sentimento - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Marcus Buaiz comemora aniversário de Isis Valverde com foto de todos os filhos juntos

Deborah Secco posta nova foto da filha - Reprodução/Instagram

Família

Deborah Secco mostra detalhes do quarto da filha e impressiona com decoração luxuosa

Namorada de Duda Nagle comenta sobre relacionamento - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Nova namorada de Duda Nagle fala sobre relação com Zoe

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!