Criança

4 brincadeiras para estimular o espírito de equipe no seu filho

Em tempos de acesso quase que irrestritos à tecnologia, proporcionar momentos de brincadeiras ao ar livre para as crianças torna-se cada vez mais importante

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

brincando

Em tempos de acesso quase que irrestritos à tecnologia, proporcionar momentos de brincadeiras ao ar livre para as crianças torna-se cada vez mais importante, visto que brincar estimula a criatividade, ajuda no controle da obesidade, entre outros benefícios.  Melhor ainda se estas brincadeiras puderem ser compartilhadas com os amigos e estimular o espírito de equipe. Está sem ideias para entreter a garotada, confira algumas a seguir.

1 – Corre Cotia
Também conhecida como “Lencinho na mão”, nesta brincadeira os participantes se sentam em círculo e escolhem uma criança para ficar em pé. Todos que estão sentados devem fechar os olhos e cantar: “Corre cotia, na casa da tia. Corre cipó, na casa da vó. Lencinho na mão caiu no chão. Moça bonita do meu coração. Posso jogar? Pode. Ninguém vai olhar? Não.” Enquanto os que estão sentados cantam, o participante que está em pé deve deixar um lenço (ou qualquer outro objeto) atrás de uma das crianças sentadas. Ao terminar a música, quem está com o lenço se levanta e deve sair correndo para tentar pegar aquele que estava em pé. Se ele conseguir, o que estava em pé deve continuar em pé e repetir a brincadeira. Caso a criança que já estava em pé consiga se sentar no lugar da outra, será a vez do outro participante ficar com o lenço.

2 – Morto vivo
Os participantes devem ficar em fileira, enquanto um é escolhido para ser o mestre. Ao mestre cabe dar comandos de “vivo” ou “morto”, enquanto as outras crianças agacham ao ouvirem “morto” e se levantam no comando “vivo”. Quem errar deve deixar a brincadeira até que haja um vencedor.

3 – Cabo de guerra
Super simples, mas muito divertido, para brincar de cabo de guerra basta uma corda e participantes com disposição. Para jogar, primeiro, é preciso dividir as crianças em duas equipes com números iguais de participantes. Depois, é necessário fazer uma marca no centro da corda, que deve estar alinhada com uma marca no chão, posicionar as crianças em filas em cada lado da corda e pronto, a brincadeira começa! Ganha a equipe que conseguir fazer a outra ultrapassar a marca primeiro.

4 – Dança das cadeiras
Um celular tocando música e algumas cadeiras são o suficiente para a diversão. Aqui, as cadeiras devem estar dispostas em círculos, com os assentos virados para a fora. É preciso deixar uma cadeira a menos que o número de participantes. Enquanto a música toca, as crianças andam ao redor das cadeiras, quando a música parar, todos devem se sentar. Quem não conseguir sai do jogo e retira uma cadeira, até que haja um vencedor.

Por Gladys Magalhães 

Leia também

15 brincadeiras de pai e filhos

Neurociência prova que crianças precisam brincar ao ar livre

4 boas razões para incentivar seu filho a brincar lá fora

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não