Bebê é resgatado após sequestro; suspeitos do crime pediam R$ 2 mil para devolver a criança

O bebê de apenas 26 dias foi sequestrado em Vacaria, no Rio Grande do Sul. Os suspeitos pelo crime cobravam R$ 2 mil para devolver a criança aos pais

Resumo da Notícia

  • Casal invadiu uma residência e sequestrou o bebê de uma família
  • Os suspeitos pelo crime cobravam R$ 2 mil para devolverem a criança
  • O bebê foi resgatado com vida

Um recém-nascido de apenas 26 dias foi sequestrado durante a tarde do último sábado, 30 de abril, em Vacaria, no Rio Grande do Sul. A criança foi encontrada durante a madrugada do dia seguinte, 1º de maio – após nove horas de buscas. Segundo reportagem do G1, um homem (29) e uma mulher (21) foram presos em flagrante por se enquadrarem como suspeitos do crime.

-Publicidade-

Segundo a Brigada Militar (BM), a dupla foi atuada por extorsão mediante sequestro e por roubo majorado, devido o uso de arma de fogo. Ambos foram levados ao presídio de Vacaria. A Polícia Civil solicitou ao Poder Judiciário a conversão da prisão em flagrante, em prisão preventiva.

Após o sequestro, os pais da crianças chamaram a polícia, relatando que um casal havia invadido a casa da família, fazendo ameaças acompanahada de uma arma de fogo. Os suspeitos pelo crime teriam solicitado cerca de R$ pelo resgate do bebê.

Segundo o delegado Ancelmo Camargo, profissional responsável pela ocorrência, estavam na residência: os pais da criança, o bebê e o tio da família. “Chegou uma pessoa, bateu na porta com a desculpa qualquer [perguntando] se o imóvel estaria para locação e, de imediato, já apontou a arma de fogo para a mãe da criança e invadiu domicílio”, disse o delegado.

O filho de 4 anos foi levado para o hospital porém não sobreviveu
Bebê de apenas 26 dias de vida é sequestrado (Foto: Getty Images)

Os suspeitos colocaram os moradores deitados no chão e pressionaram a arma na nuca do pai do bebê. Na sequência, o homem chamou sua comparsa, que levou a criança da mãe e fez exigência do dinheiro. Os agentes profissionais encontram um veículo utilizado pelos autores do crime em imagens das câmeras de segurança do local. Às 0h da masrugada, os policiais avistaram um carro semelhante estacionado perto da casa das vítimas. Foi nessa hora que a suspeita deixou a casa com uma criança de colo e foi em direção de uma casa abandonada. O recém-nascido foi encontrado em um banheiro escondido.

O homem e a mulher são de São Joaquim, Santa Catarina. Além disso, também de acordo com a polícia, a mulher teria perdido uma gestação há pouco tempo, e o casal já havia entrado em contato com as vítimas por meio das redes sociais, a fim de oferecer roupas para doação. “A motivação ainda não dá pra ter certeza. No momento do fato, todos que estavam no local, inclusive testemunhas, falaram que eles exigiram R$ 2 mil pela criança, então foi tratado como crime patrimonial. Porém, durante o inquérito, pode ser que apareçam novos elementos que apontem pra outros crimes”, afirmou o delegado”, finalizou o delegado.