Caso Alec Baldwin: Esposa do ator se pronuncia pela primeira vez sobre acidente que matou diretora

Hilaria Baldwin compartilhou algumas palavras de apoio à família de Halyna Hutchins

Resumo da Notícia

  • Hilaria Baldwin é mulher de Alec Baldwin
  • Se pronunciou pela primeira vez sobre o acidente
  • Desejou forças à família da diretora

Hilaria Baldwin, esposa de Alec Baldwin, se pronunciou nesta segunda-feira, 25 de outubro, sobre o acidente envolvendo o marido, que disparou sem querer na diretora de fotográfia do filme “Rust”, Halyna Hutchins, que acabou faleceu.

-Publicidade-
Hilaria Baldwin se pronunciou sobre o caso de Alec Baldwin
Hilaria Baldwin se pronunciou sobre o caso de Alec Baldwin (Foto: Reprodução / Instagram)

“Meu coração está com Halyna, seu esposo e seu filho. Com sua família e seus entes queridos. E com meu Alec (…) Dissemos que ‘não há palavras’ porque é impossível expressar o choque e a dor de um acidente tão trágico. Tristeza. Perda. Apoio”, escreveu Hilaria

Mensagem positiva

Ireland Baldwin, filha mais velha do ator Alec Baldwin, compartilhou no Instagram para falar sobre os diversos ataques e ameaças que recebe por conta do acidente envolvendo o pai no set do filme Rust, em que o ator disparou sem querer um tiro na diretora de fotografia Halyna Hutchins , a matando.

Ireland Baldwin compartilhou no Instagram uma mensagem que recebeu
Ireland Baldwin compartilhou no Instagram uma mensagem que recebeu (Foto: Reprodução / Instagram)

“Em meio aos comentários, emails, mensagens e áudios estúpidos que tenho recebido com ameaças… Esse lindo comentário se destaca. Eu conheço o meu pai e vocês não. Eu te amo, papai”, escreveu

“Há um milhão de anos trabalhei no escritório em Toronto da produtora responsável por ‘Thomas e Seus Amigos’. Lidei com algumas celebridades bem idiotas na minha época, mas seu pai NÃO era assim. Ele só queria ter certeza que tinha leite e cereal no quarto de hotel dele enquanto a filha visitava. Ele era assim. O tempo todo. Sempre vou me lembrar disso”, escreveu um seguidor que já havia trabalhado com Alec Baldwin.

Discussão com apresentadora

Ireland Baldwin, filha de Alec Baldwin, saiu em defesa do pai após a apresentadora Candice Owens dizer que o ator era um assassino. Alec estava no set do filme “Rust” quando atirou acidentalmente contra a diretora Halyna Hunthins, que faleceu.

“Alec Baldwin passou 4 anos se dedicando a pintar Donald Trump e seus apoiadores como assassinos do mal. O que aconteceu com Alec seria um exemplo de justiça poética se não fosse pelos próprios inocentes que foram assassinados por ele. Ore por suas famílias. Tão triste”, disse a apresentadora de talk show.

Ireland Baldwin postou os prints nos Stories
Ireland Baldwin postou os prints nos Stories (Foto: Reprodução / Instagram)

Ireland compartilhou os posts de Candice nos Stories do Instagram e respondeu as acusações. “Você é o ser humano mais nojento, odioso e canceroso que já conheci. Independentemente de suas opiniões sujas na maioria das vezes, o fato de que você desrespeitaria a vida de uma mulher que foi morta acidental e tragicamente … Que vergonha. Sim… vou prosseguir e fazer uma pausa no Instagram. Tenho vergonha de [respirar] o mesmo ar que esta mulher”, iniciou o desabafo.

E continuou: “Seja um republicano e vacinado, não dou a mínima.  Há muitos valores republicanos que eu apoio e muitos outros liberais que eu também apoio … Mas uma merda que me encontro fazendo é ser respeitoso. Mas nós não estamos debatendo máscaras e vacinas e aborto e direitos trans aqui…A vida de uma mulher foi perdida. Seus tweets, falta de informação e ignorância estão prejudicando as pessoas. Você e aquele canalha @jackmposobiec não têm a menor ideia do que estão falando e geralmente nunca fazem.  Eu respeito a opinião das pessoas … mas se você apoia esses palhaços absolutos, por favor, não me siga mais.  Eu imploro”, continou.

Para finalizar, a modelo ainda foi além e falou sobre não querer seguidores com os posicionamentos de Candace. “Se você simplesmente não respeita as pessoas … deixe de me seguir.  É tão simples.  Pare de me seguir se você não apoia os direitos das mulheres.  Pare de me seguir se você não suporta direito trans. Direitos LGBTQ como um todo. Direitos humanos. Mas realmente aperte o botão de parar de seguir se você está tentando difamar meu pai e tweetar essas declarações horríveis sobre esta situação trágica. Parte meu coração que as pessoas sejam tão odiosas e ignorantes”, finalizou.

Pai de Halyna

O pai de Halyna Hutchins, diretora de fotografia que não resistiu após ser atingida por um tiro acidentalmente disparado por Alec Baldwin no set de filmagens de Rust, falou pela primeira vez sobre o caso. Ao jornal britânico The Sun, ele contou que não culpa o ator pelo acidente.

“Alec Baldwin não tem culpa. A responsabilidade é da equipe encarregada dos objetos de cena, que cuida das armas”, disse Anatoly Androsovych. Ele falou, ainda, que o ator tem se mostrado muito prestativo e está a todo momento em contato com a família.

Halyna era mãe de Andros, de 9 anos de idade
Halyna era mãe de Andros, de 9 anos de idade (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Ainda não conseguimos acreditar que Halyna está morta e a mãe dela está perdendo a cabeça com o luto”, continuou ele, contando sobre a reação da família. Halyna tina um filho de 9 anos e Anatoly também falou sobre a reação do garoto com o acidente. “O menino foi bastante afetado, ele está perdido sem a mãe”, afirmou o avô.

Relembre o caso

Alec Baldwin, ator de 63 anos, disparou uma arma cenográfica em um set de filmagem, na última quinta-feira, 21 de outubro. O acidente acabou causando a morte de Halyna Hutchins, de 42 anos, a diretora de fotografia do filme Rust, que eles estavam gravando na ocasião. Ele utilizou a conta no Instagram para falar pela primeira vez sobre o ocorrido.

Pai de Halyna Hutchins fala pela primeira vez após acidente
Pai de Halyna Hutchins fala pela primeira vez após acidente (Foto: reprodução Instagram)

Foi através de duas postagens feitas no perfil pessoal que o artista se pronunciou sobre o acidente. “Não há palavras para expressar meu choque e a tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e colega de trabalho, profundamente admirada. Estou colaborando totalmente com a investigação policial”, começou ele na primeira publicação.

aldwin afirmou ainda que já entrou em contato com o marido da cineasta para esclarecer o trágico ocorrido: “Ofereci meu apoio a toda a sua família. Meu coração está partido pelo marido, filho e por todos que conheciam e amavam a Halyna”, completou.

Além da morte da colega de equipe, o disparo cometido por Alec Baldwin também feriu o diretor do longa, Joel Souza, de 48 anos. Por conta da morte de Halyna Hutchins, o ator apagou uma foto que havia postado, com o figurino ensanguentado do personagem que interpreta no filme.

Depois da tragédia, muitos internautas começaram a relembrar outro caso parecido, que aconteceu há 28 anos atrás, com Brandon Lee, filho de Bruce Lee.