Como assim?! Clientes encontram sex toys em setor de fácil acesso para crianças em supermercado

Os clientes da Poundland usaram as redes sociais para criticar a organização nada convencional que o mercado arrumou as prateleiras

Resumo da Notícia

  • Uma loja colocou brinquedos sexuais perto do setor de chocolates e pais ficaram furiosos;
  • Os clientes foram às mídias sociais reclamarem sobre a organização dos produtos nas prateleiras;
  • Os consumidores disseram que é inadequado que os produtos estejam à vista de crianças pequenas

Uma loja virou alvo de críticas nas redes sociais após um consumidor notar algo diferente na organização das prateleiras da Poundland: Brinquedos sexuais estavam no mesmo setor de caixas de chocolate, local de fácil acesso para crianças.

-Publicidade-

Nas fotos tiradas pelo cliente, é possível ver que, abaixo dos brinquedos sexuais, que fazem parte da linha de produtos feita para o Dia dos Namorados, há diversas caixas de chocolate de doces sortidos.

Os compradores ficaram chocados com as fotos e usaram as redes sociais para demonstrar sua indignação a situação, uma vez que os produtos estavam sendo colocados à vista das crianças.

Visão das prateleiras onde estavam os sex toys e os doces no estabelecimento
Visão das prateleiras onde estavam os sex toys e os doces no estabelecimento (Foto: Reprodução/Daily Mail UK)

Ao Daily Mail UK, um porta-voz do estabelecimento se pronunciou sobre a situação: “Estamos um pouco confusos com a existência de reclamações, vendemos continuamente uma variedade muito popular desse tipo de itens há mais de uma década. Na Poundland, eles sempre são vendidos em prateleiras mais altas e há uma restrição de idade no caixa”, esclareceu a loja.

Comentários feitos por clientes da Poundland
Comentários feitos por clientes da Poundland (Foto: Reprodução/Daily Mail UK)

Jayn Wainwright, 61, disse: ‘Eu não acho que eles deveriam tê-los. Eles não são apropriados. As pessoas deveriam ir a uma sex shop se quiserem comprá-las. Crianças pequenas entram lá. Eles podem começar a fazer perguntas que os pais não querem responder nesse ponto”.

Margaret Jackson, 72, acrescentou: “É nojento. Eu e meu marido acabamos de vê-los. É melhor que esse tipo de coisa seja mantido nas sex shops ou online. Eles não deveriam estar em exposição.