Covid-19: São Paulo vai vacinar pessoas com síndrome de Down, transplantados e mais grupos

Durante uma coletiva de imprensa, foi informado que outros grupos passam a integrar o calendário de vacinação do estado de São Paulo, abrangendo mais pessoas imunizadas

Resumo da Notícia

  • São Paulo incluiu novos grupos na vacinação contra covid-19
  • Pessoas com síndrome de Down, transplantados e em tratamento renal poderão ser vacinados no próximo mês
  • A imunização para idosos de 64 anos também foi antecipada

Nesta terça-feira, 20 de abril, o governo do estado de São Paulo realizou uma nova coletiva de imprensa para informar as novas datas de imunização contra o novo coronavírus. No calendário, foram incluídos pessoas com síndrome de Down, transplantados e também renais em terapia, totalizando 120 mil vacinados.

-Publicidade-

Além disso, irão receber a vacina também os trabalhadores do sistema metroviário e ferroviário, motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais. Para os idosos, a imunização também foi antecipada para o grupo correspondente a 64 anos.

Como vai funcionar o cronograma de vacinação em São Paulo:

  • Pessoas com síndrome de Down (de 18 a 59 anos), transplantados (de 18 a 59 anos) e renais em terapia (de 18 a 59 anos) – 10 de maio
  • Trabalhadores do sistema ferroviário e metroviário – 11 de maio
  • Motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais – 18 de maio
  • Idosos de 65 e 66 anos – 21 de abril
  • Idosos de 64 anos – 23 de abril
  • Idosos de 63 anos – 29 de abril

De início, serão imunizados todos os operadores de trem, sem uma idade específica definida. Em seguida, será a vez de funcionários dos setores de manutenção, segurança, operações, limpeza e bilheteria. Esse últimos, no entanto, necessitam ter mais de 47 anos para poderem se vacinar.

(Foto: reprodução / vídeo / YouTube)

Para os idosos de 65 e 66 anos, é previsto a imunização de 760 mil pessoas. Já para os de 64, 420 mil e os de 63 anos, 420 mil. Sobre a faixa etária de 60, 61 e 62 anos, que deve iniciar em 6 de maio, a expectativa é de 1,4 milhão de pessoas imunizadas contra a covid-19.