Família

Cuidado com a árvore de Natal! Aprenda a evitar os acidentes mais comuns dessa época do ano

Mais de 100 crianças morreram em 2017 por conta de choques, eletrocussões e queimaduras relacionadas à exposição a correntes elétricas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Segundo o Datasus, mais de 100 crianças morreram em 2017 por conta de choques, eletrocussões e queimaduras relacionadas à exposição a correntes elétricas (Foto: Getty Images)

Ela não pode faltar! Mas por trás da beleza também existem riscos. Segundo o Datasus, mais de 100 crianças morreram em 2017 por conta de choques, eletrocussões e queimaduras relacionadas à exposição a correntes elétricas – e mais de 300 foram internadas pelos mesmos motivos. Por isso, as luzes da árvore de Natal merecem muita atenção.

A dica é ficar de olho nos fios e garantir que não estejam desencapados ou soltos, além de não ligá-los em uma tomada sobrecarregada com outros eletrônicos plugados e optar por lâmpadas de LED, que esquentam menos. E anota aí: nada de deixar as luzes ligadas por muito tempo, pois elas podem esquentar e até causar um curto-circuito.

Fazer um cercado em volta da árvore com livros, por exemplo, também é uma boa (Foto: Getty Images)

“É muito importante que os pais e familiares levem em consideração a segurança dos pequenos na hora de preparar a decoração. Para a árvore de Natal especificamente, é essencial se atentar ao risco de choque e também ficar atento aos pequenos objetos utilizados como enfeites, que podem ser engolidos causando sufocação”, alerta Vania Schoemberner, gerente-executiva da Criança Segura. Fazer um cercado em volta da árvore com livros, por exemplo, também é uma boa.

Leia também: 

Existe dia certo para montar a árvore de Natal?

Decoração criativa: aprenda a fazer uma luminária de árvore de Natal com as crianças

Eita! Incêndio causado por árvore de natal da família acaba em desastre e vídeo impressiona