Glória Perez apresenta fotos fortíssimas da filha Daniella para série: “Me doeu ver aquilo ao vivo”

A dramaturga e mãe da atriz Daniella Perez, assassinada aos 22 anos por seu colega de elenco Guilherme de Pádua e a esposa Paula Peixoto com 18 tesouradas, cedeu fotos para contar em série documental a brutalidade sofrida pela filha

Resumo da Notícia

  • Glória Perez apresenta fotos tiradas após o assassinato de sua filha Daniella Perez para série documental "Pacto Brutal"
  • Autora fala sobre as crueldades sofridas pela atriz, a impunidade dos assassinos e a abordagem errônea feita pela mídia
  • Dramaturga conta a enorme dor de ver pessoalmente os ferimentos causados a sua filha.

A tragédia, que aconteceu no dia 28 de dezembro de 1992 e marcou a todos, ainda segue sendo comentada, sempre que é recordado o aconteceu com Daniella Perez, assassinada pelo colega de elenco Guilherme de Pádua e a esposa dele, Paula Peixoto, após ser atingida por 18 golpes de tesoura.

-Publicidade-

A autora e mãe da atriz, Glória Perez, sempre deixou claro que faria o possível para que a verdade permanecesse presente e que as atrocidades cometidas não ficassem ocultas. Em entrevista para a Splash, da UOL, ela conta que entregou à produção da nova série da HBO Max “Pacto Brutal” fotos de sua filha morta e explica: “se você quer contar essa história, tem que mostrar o que eles fizeram”.

Daniella Perez e a mãe Gloria Perez (Foto: Reprodução/Instagram/@gloriafperez)

Autora de diversos sucessos, Glória Perez também assina o roteiro de “De Corpo e Alma”, novela que passou na TV Globo em 1992, em que Daniella contracenava com Guilherme, um dos autores do crime. Nas fotos divulgadas, é possível ver parte do coração da atriz após os brutais ataques.

Em busca de justiça, a dramaturga afirma: “Você olha e foi exatamente aquilo que foi feito. Então, me dói ver aquilo? Muito. Mas me doeu ver aquilo ao vivo, como eu vi. E ver depois como aquilo foi tratado de maneira a minimizar (o crime)”. A mãe de Daniella diz em entrevista que a mídia relatou a situação de maneira completamente equivocada ao anunciar que a morte da jovem foi um acidente.

Nova série documental sobre o assassinato de Daniella Perez, estreou no dia 21 de julho na HBO Max. (Foto: Divulgação/HBO Max)

“Pacto Brutal” foi dirigida por Tatiana Issa e Guto Barra, que tiveram a autorização de usar os conteúdos fornecidos. Perez decidiu aceitar fazer parte do projeto ao ter certeza de que eles se ateriam aos autos do processo. Apesar do sofrimento de reviver essas memórias, Glória sentiu necessidade de voltar a abordar o assunto para destacar os fatos ocorridos.

Condenado a 19 anos por homicídio qualificado, Guilherme de Pádua e Paula Peixoto, que foi condenada a 18 anos e 6 meses, cumpriram apenas sete anos e foram colocados em liberdade condicional.

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso!

Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.