Índia vai enviar vacina de Oxford para o Brasil ainda hoje: saiba os detalhes

Após o governo indiano liberar a exportação para o Brasil, a primeira remessa do imunizante deve sair do país ainda nesta quinta-feira

Resumo da Notícia

  • Foi liberado o envio da primeira remessa da vacina de Oxford
  • A Índia irá encaminhar o imunizante ainda nesta noite
  • Saiba os detalhes

Nesta quinta-feira, 21 de janeiro, o governo da Índia liberou as exportações comerciais das primeiras remessas da vacina desenvolvida pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. Os imunizantes, que serão enviados para o Brasil e para o Marrocos na noite de hoje (21), já estão sendo direcionados para o aeroporto de Mumbai. A informação foi confirmada pela CNN.

-Publicidade-
O primeiro lote da vacina de Oxford será enviado para o Brasil (Foto: Unsplash)

As vacinas estão sendo produzidas no Serum Institute of India, o maior produtor do mundo de vacinas, que chegou a receber pedidos de vários outros países. Nesta quinta-feira, um incêndio atingiu o local, mas felizmente, o setor que desenvolve os imunizantes contra o novo coronavírus não foi atingido.

No final de semana passada, o governo indiano havia suspendido a exportação das doses até que pudesse iniciar o seu próprio programa de imunização. Nesta semana, foram enviados suprimentos gratuitos para países vizinhos como Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

-Publicidade-

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

Harsh Vardhan Shrigla, ministro das Relações Exteriores do país, informou que o fornecimento comercial da vacina iria começar apenas da sexta-feira, segundo o primeiro-ministro Narenda Modi. “Seguindo essa visão, respondemos positivamente aos pedidos de fornecimento de vacinas manufaturadas indianas de países de todo o mundo, começando pelos nossos vizinhos”, explicou.

“O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, começando pelo Brasil e Marrocos, seguidos da África do Sul e Arábia Saudita”, concluiu.

-Publicidade-