Mãe divide opiniões ao contar como decidiu batizar os filhos: “Nunca gostamos de nomes comuns”

Ela foi até o Reddit pedir conselhos aos internautas depois que os sogros a julgaram pela escolha

Resumo da Notícia

  • Mãe divide opiniões ao contar como decidiu batizar os filhos
  • Ela foi até o Reddit pedir conselhos aos internautas depois que os sogros a julgaram pela escolha
  • Os internautas dividiram opiniões

Uma mãe dividiu opiniões ao pedir conselhos sobre as escolhas que fez para os nomes dos filhos gêmeos em um fórum online. Depois de admitir que os sogros “odeiam” os nomes controversos que ela o marido escolheram, ela decidiu ir até o Reddit para ver o que as outras pessoas de fora da família pensavam.

-Publicidade-

Para começar, a mulher explicou que a família do noivo é religiosa, mas a dela não era e que o casal está à espera de dois meninos gêmeos. Eles decidiram chamá-los de Phoenix Gray e Griffin Dean – mas seus parentes não estão felizes.

“Nunca gostamos de nomes comuns. Meu nome é fora do comum e meu noivo atende pelo nome do meio, Cassius. A ideia de chamar nossos filhos, não que esses nomes sejam errados ou ruins, de Daniel ou Thomas ou Samuel não nos agrada. Não somos nós”, começou ela, se explicando.

Mãe divide opiniões ao contar como decidiu batizar os filhos: "Nunca gostamos de nomes comuns"
Mãe divide opiniões ao contar como decidiu batizar os filhos: “Nunca gostamos de nomes comuns” (Foto: Getty Images)

Ela seguiu contando que, apesar dessa opção ser uma escolha clara para ela e o marido, os sogros agora estão furiosos. “Um: porque não são nomes tradicionais, dois: não tem nenhuma afiliação com membros da família; meu noivo tem o nome de seu avô, sua irmã tem o nome de sua tia etc, e três: porque os nomes se referem a criaturas míticas de outras culturas”, explicou ela.

“Isso é aparentemente o que eles mais se incomodaram. Mas nós realmente amamos os nomes. Já temos um nome de garotas escolhido também, Valkyrie Lee para homenagear meus avós dinamarqueses que cuidaram de mim quando eu era adolescente. Na verdade, nós criamos esse nome antes mesmo de eu engravidar. Gostamos que todos os nomes correspondam, pois são seres poderosos que podem voar. Queremos que nossos filhos também se sintam poderosos”, disse.

Alguns internautas concordaram com ela, dizendo que os nomes eram bonitos e que ela não deveria se importar com a opinião dos sogros. Outros, no entanto, disseram que, já que ela ainda estava grávida, deveria mudar os nomes, pois as crianças poderiam ser julgadas ou zoadas por se chamarem dessa forma. Esse, a mãe fez questão de responder.

“As pessoas são intimidadas por todos os tipos de razões. Cabelo. Olhos. Óculos. Aparelhos. Estilo. Tamanho dos pés. Orelhas. Roer as unhas. Maquiagem. Sem maquiagem. Gordo. Magro. Baixo. Alto. Rico. Pobre. Ser chamado de Fênix ou Griffin pode não ser tão comum quanto Sophie ou Max, mas eles não são motivo para bullying”, escreveu.