Relato de mãe: “Meu marido odeia o nosso filho e já me pediu várias vezes para me livrar dele”

Uma mulher compartilhou anonimamente sua história online, dizendo que seu marido culpa o bebê por todo o “azar” que tem na vida e, como resultado, quer que ele saia de casa para sempre

Resumo da Notícia

  • Uma mãe, que preferiu não revelar o próprio nome, chocou os internautas ao contar história da família
  • Ela disse que o marido começou a culpar o filho por tudo de ruim que acontecia na própria vida
  • A mulher contou que o pai, inclusive, já tentou "se livrar" da criança por pensar que ela traz má sorte

A parentalidade é sobre amor, ou pelo menos deveria ser. Uma mãe, que preferiu não revelar o próprio nome, chocou os internautas ao contar que o marido era um ótimo pai até o filho nascer, depois da chegada do bebê, no entanto, ele começou a culpar o menino por tudo de ruim que acontecia na própria vida.

-Publicidade-

Em uma publicação que foi removida do Reddit, ela contou que o pai, inclusive, já tentou “se livrar” da criança por pensar que ela traz má sorte para a família. Três anos antes do caçula chegar, o casal já tinha uma menina, a qual o pai sempre demonstrou afeto e foi muito próximo. “Mas ele não dava o mesmo amor de pai para o nosso filho”, contou a mulher.

Ele grita e briga com o garoto toda vez que ele chora e ao fazer qualquer barulho o pai ameaça de dar tapas nele. Segundo a mãe, o parente não carregou o bebê no colo uma vez se quer. “Ele não deixa a nossa filha brincar com ele, e diz pra ela ficar longe dele”, adicionou.

Relato de mãe: “Meu marido odeia o nosso filho e já me pediu para me livrar dele” (Foto: iStock)

Chegou em um ponto que ele grita pela casa que o filho não é dele e pede para a esposa colocá-lo para adoção ou  tirar ele de casa de outra forma. “Ele não se importaria se ele morresse. Eu amo muito o meu filho e me machuca demais ouvir meu marido dizer essas coisas”, explicou a mãe.

Segundo a esposa, recentemente ele contou que ela tem apenas alguns dias para tirar o bebê de casa, ou ele ‘vai resolver a situação do jeito dele’. Ela até sugeriu deixar o filho na casa dos pais por alguns dias até o marido ele se acalme, mas ele adiantou que isso não é o suficiente – ou ela tem que colocá-lo para adoção ou se livrar dele alguma outra forma, contou ao Mirror UK.

Preocupados, os internautas responderam ao post sugerindo que ela levasse tanto o filho quanto a filha para a casa dos pais, já que não parecia seguro para eles ficarem perto do marido, outros também a incentivavam a procurar ajuda profissional para o homem.