Repórter da Record responde acusações de inventar matéria sobre mãe que procurava filho desaparecido

A jornalista Daiane Dalle Tese, contou nas redes sociais sobre a experiência inédita do “reaparecimento” da vítima, no meio das gravações. Veja como os espectadores reagiram ao ocorrido e qual foi a reação dela

Resumo da Notícia

  • Filho que estava desaparecido volta para casa no meio da denúncia feita na TV
  • O reaparecimento do rapaz causou choque por parte da equipe de reportagem
  • A repórter que comandava a história foi acusada de forjar a reportagem
  • Ela se pronunciou nas redes sociais sobre qual foi sua reação
Repórter conta detalhes sobre “reaparecimento” da vítima procurada, em meio as gravações (Foto: Reprodução/ Instagram @daianedalletese)

No último sábado, 27 de junho, a repórter Daiane Dalle Tese, do “Cidade Alerta” do Rio Grande Do Sul, estava entrevistando uma mãe que pedia ajuda para encontrar o filho desaparecido, quando o inesperado aconteceu em frente as câmeras de gravação. O rapaz de 35 anos, que estava sumido há mais de 5 dias, voltou para casa, como se nada tivesse acontecido.

-Publicidade-

A gravação que precisou continuar rodando, mostrou a reação da família inteira que estava aflita dando o depoimento. A mãe que ficou furiosa com o filho, começa a brigar com ele ao vivo e ainda ameaça dar uma surra no rapaz. Daiane, que precisou improvisar para dar continuidade na matéria, revelou que se sentiu aliviada pelo desfecho da história, mas não conseguiu controlar o riso.

Repórter conta detalhes sobre “reaparecimento” da vítima procurada, em meio as gravações (Foto: Reprodução/ Instagram @daianedalletese)

“Foi uma das experiências mais hilárias que já passei nesses quase sete anos de jornalismo. Quem me conhece sabe que não fico sem palavras em um link ao vivo mas nesse… foi inevitável!”, escreveu ela, nas redes sociais. Além disso, ela aproveitou para esclarecer as acusações do público, que tudo teria feito parte de uma armação.

-Publicidade-

Ela explicou que ficou sem palavras com a cena chocante e que não teve como controlar a reação espontânea. “Acostumada com histórias com finais trágicos fui pensado que o pior poderia ter acontecido. Introduzi o assunto, com preocupação”, disse, Daiane. Ainda contou que a família se desculpou pelo transtorno, mas agradeceu pela atenção e ajuda prestada pela emissora.

-Publicidade-