Thais Fersoza fala sobre pressão por ‘corpo perfeito’ após maternidade: “Não sou neurótica”

Mãe de Melinda e Teodoro, a atriz conta que gosta de se manter em forma e fazer exercícios, mas sem nenhuma pressão, e que não acredita em um ‘corpo perfeito’

Thais Fersoza, mãe de Melinda, de 4 anos, e Teodoro, de 3, frutos de seu casamento com o cantor Michel Teló, deu uma recente entrevista em que falou sobre beleza e a pressão pelo corpo considerado “perfeito”.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução / Instagram @tatafersoza)

A atriz compartilhou uma foto no Instagram vestindo um maiô e dividiu as opiniões nos comentários. “Não vejo como uma crítica. Vejo como uma opinião pessoal de cada um que tem o direito de dar a sua. O fato é que sempre tem aquela história: se a gente coloca um biquíni, tem uns que falam que é desnecessário mostrar o corpo. Outros dizem: ‘nossa, é casada tem dois filhos e fica postando de biquíni’… Se bota o maiô, falam que maiô é feio ou coisa de velho”, explicou em entrevista à Quem.

(Foto: Reprodução / Instagram / @tatafersoza)

A peça é minha (risos). O maiô é meu, se comprei e achei bonito, eu vou usar. Se a tal pessoa não gostou da peça, não usa e nem compra (risos). Essa história do maiô eu achei engraçada. Para mim, não foi critica foi opinião de cada um. Não gostou, poxa que bom. Ele não é seu, ele é meu, né?”, disse ela.

-Publicidade-

“Nesse caso do maiô, dei risada, porque vi que virou uma questão para as pessoas. Tenho biquíni, mas gosto de maiô e tenho vários. Acho muito mais confortável, inclusive por estar com as crianças, para brincar, abaixar, levantar. Então, está tudo bem, de verdade. Só acho desnecessário comentar aquilo, mas se tem gente que fica feliz em comentar, está tudo bem mesmo”, concluiu.

Thaís e Michel são pais de Melinda e Teodoro (Foto: reprodução / Instagram @tatafersoza)

Em relação aos cuidados com o corpo após a maternidade, ela respondeu que gosta de se manter em forma e fazer exercícios, mas sem nenhuma pressão. “Não sou neurótica com o corpo perfeito não, mas gosto de me cuidar. Sou uma pessoa que não vivo para isso. Não fico em busca da perfeição, porque sou mais baixinha, tenho quadril largo, cintura fina e bumbum. Corpo perfeito não existe. Acredito que a perfeição é o que está bom para gente, o que nos faz sentirmos felizes. O que a gente gosta não tem um padrão. Cada um tem seu corpo e meu corpo é assim. Tenho 1,59 metros de altura e não fico cuidando e nem olhando o corpo dos outros para ver qual é o perfeito. Corpo perfeito é o que você tem. Meu foco é ter boa saúde e sentir meu corpo saudável”, defendeu.

-Publicidade-