Fenômeno raro: mulher descobre gravidez de dois pares de gêmeos idênticos

Ashley Ness, cabeleireira que vive nos Estados Unidos, foi ao ginecologista para renovar a receita de anticoncepcional e acabou descobrindo que estava grávida de duas duplas de gêmeos idênticos

Resumo da Notícia

  • Ashley Ness sofreu quatro abortos espontâneos
  • Em ultrassom de rotina, a americana descobriu que estava grávida de dois pares de gêmeos idênticos de forma espontânea
  • O caso é considerado raro, porque acontece apenas uma vez a cada 70 milhões de gestações

Em um exame de rotina, Ashley Ness, que já possui uma filha e dois enteados, descobriu que está grávida. Entretanto, a gravidez, nesse caso de Ashley, se trata de um evento muito raro: são dois pares de gêmeos idênticos, o que totaliza quatro bebês em uma única gestação.

-Publicidade-
Ultrassom de dupla de gêmeos idênticos, totalizando quatro filhos em uma única gestação
Ultrassom de dupla de gêmeos idênticos, totalizando quatro filhos em uma única gestação (Foto: Reprodução/Fox 5 Vegas)

Ela já sofreu quatro abortos espontâneos e não esperava por esse resultado na ultrassom realizada. Em entrevista à Revista People, Ashley Ness contou algumas curiosidades sobre o momento da descoberta: “Quando a técnica de ultrassom começou a varredura, estava olhando para a tela e escreveu ‘A, B’, então eu parei, olhei pra ela e disse: ‘Espere, eu vou ter gêmeos?'”. Ela comenta que na hora em que a técnica identificou o caso, se retirou da sala, passou cerca de 20 minutos longe, e depois voltou com o pedido de que Ashley ainda não comunicasse a ninguém sobre a gravidez.

Na sequência, elas reiniciaram o ultrassom para garantir que o resultado era aquele mesmo. Além da indicação de gêmeos, ficou evidente que Ness concebeu os bebês em dois sacos de placentas diferentes, o que resultou em duas duplas de gêmeos idênticos: dois meninos e duas meninas.

A gravidez estava prevista para dia 18 de outubro, porém, por se tratar de um caso raro, a mãe vai realizar uma cesárea no final de agosto, que foi indicada pelos médicos que estão acompanhando a gestação. Os nomes já foram escolhidos com base em uma tradição familiar de iniciais em CH, e são: Chesley e Chatham, para as meninas, Chance e Cheston, para os meninos.