Notícias

Direito de escolher: Portugal vota proposta de lei da identidade de gênero

Leis determina que crianças e jovens sejam tratados nas escolas pelo gênero com o qual se identificam

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

O sentimento de não pertencer ao próprio corpo afetas algumas crianças desde muito pequenas. As questões de gênero são uma realidade e não podemos ignorá-las. Há muito debate e discussão em torno disso, até porque os governos também precisam se posicionar sobre o assunto – e Portugal já começou a fazer isso!

Na próxima sexta-feira, dia 6, o Parlamento Português votará uma nova de lei de identidade de gênero para permitir que adolescentes possam mudar seu nome e gênero no Cartão de Cidadão (carteira de identidade) a partir dos 16 anos sem precisar de autorização dos pais ou relatório médico. A lei determina ainda que as crianças e os jovens sejam tratados nas escolas pelo gênero com o qual se identificam.

Independente de sexo, gênero, cor ou raça, todo mundo merece respeito sempre. A Pais&Filhos acredita que as crianças têm o direito de escolherem vestir o que quiserem e, acima de tudo, ser o que quiserem.

Leia também

Padrão de gênero: 5 filhos de celebridades que não dão a mínima para isso

Criança Transexual: menino ou menina?

Boa notícia: Reino Unido proíbe propagandas que separe brinquedos por gênero

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não