Bebês

6 mitos sobre o desenvolvimento dos bebês que você deveria saber

Nem tudo o que ouvimos por aí é verdade

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Avós, amigos e até mesmo a sociedade enchem os pais com os conselhos mais bem-intencionados, mas como o pai e a mãe podem ter certeza de que estão recebendo as informações corretas? Com a ajuda de Andrew Adesman, chefe da divisão do desenvolvimento e comportamento pediátrico no hospital infantil Schneider em Nova Iorque, desvendamos alguns mitos comuns no dia a dia dos pais de bebês e crianças mais novas.

1. Brinquedos podem deixar o bebê mais inteligente

Mito: bebês precisam de brinquedos sofisticados para atingir o máximo da estimulação cerebral

Verdade: não há evidencia de que um brinquedo em particular deixará seu bebê mais inteligente

Adesman explica: “Como os bebês aprendem a explorar o ambiente, um lugar estimulante vai ajudar, mas brinquedos sofisticados não são necessários. Da mesma forma, embora seja verdade que os bebês parecem ter uma preferência visual por imagens que contrastem o preto e o branco, os pais não devem ter a falsa expectativa de que cercar o bebê com essas imagens fará com que sua inteligência aumente”.

2. A verdade sobre atrasos na fala

Mito: se o seu filho tem um atraso na fala ou com a língua, não há nada com o que se preocupar, já que as crianças normalmente superam esses problemas com a idade.

Verdade: procure ajuda cedo se o seu filho mostrar sinais de atraso nessas áreas.

Adesman explica: “Os pais precisam reconhecer as diferenças entre fala (qualidade do som) e língua (conteúdo de comunicação) e levar em consideração cada atraso. Uma intervenção precoce pode ajudar a determinar se a criança pode ter autismo ou outros problemas cognitivos”.

Leia também

Menos atividade física deixa as crianças com poucas habilidades motoras

Nossas crianças estão comendo mal. Precisamos falar sobre isso!

Quanto tempo meu filho precisa dormir? Veja tabela para cada fase

3. Filho mais novo = vai demorar para falar

Mito: o filho mais novo em uma família grande vai demorar para começar a falar.

Verdade: a ordem do nascimento pode desempenhar um papel na língua e fala, mas nem sempre é um fator decisivo.

Adesman explica: “Os pais devem ter o cuidado ao racionalizar