Bebê de 11 meses morre afogado após ser jogado em rio pelo próprio pai

O acidente ocorreu em 2019. Emma Blood, mãe do bebê, contou o ódio que sente do ex-companheiro por ter matado a criança

Resumo da Notícia

  • Bebê de 11 meses morreu afogado após ser jogado em um rio pelo próprio pai;
  • A mãe da criança desabafou sobre o episódio e o relacionamento que nutria com o pai da criança;
  • O pai agora está sendo julgado pelas autoridades, dois anos após a morte de Zakari William Bennett-Eko

Um bebê de 11 meses morreu após ser jogado no rio Irwell em Radcliffe, Grande Manchester, pelo próprio pai. O acidente que ocorreu em 2019 assombra a vida de Emma Blood até hoje, e a mulher conversou com o portal The Sun para detalhar como lida com o luto e a criação da filha.

-Publicidade-

Emma estava grávida de oito meses de sua filha na época e ela contou como seu ex-parceiro era uma “pessoa horrível” que a agrediu nos anos que antecederam a morte da criança. Os dois eram amigos na escola, mas perderam contato até 2017, quando começaram um relacionamento.

“O relacionamento era bom no começo e passamos muito tempo juntos, embora eu soubesse que ele sofria de problemas psicológicos. Ele tem transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e psicose induzida por drogas, e me dizia que tomava medicação, mas que estava sob controle”, contou a mãe.

Emma contou que já foi agredida pelo ex-companheiro antes do nascimento do filho
Emma contou que já foi agredida pelo ex-companheiro antes do nascimento do filho (Foto: Reprodução/The Sun)

No entanto, Emma precisou lutar constantemente para fazer Zak Bennett-Eko azê-lo aceitar a tomar suas medicações entre maio e setembro de 2019, já que “ele simplesmente não queria tomar” e usava contanstemente a cannabis.

“Ele estava agindo de forma estranha. Ele estava sempre desaparecendo e causando problemas dentro da família. Certa vez, nós discutimos sobre algo e ele me deu um tapa. Foi demais. Ele estava me xingando para todos. Eu não gostava mais dele. Ele era apenas uma pessoa horrível, e não o cara que me apaixonei”, esclareceu.

O acidente

A mulher contou que, certa vez foi com Bennett-Eko ao pronto-socorro do North Manchester General Hospital quando ele ficou deprimido após não conseguir dinheiro para comprar mais remédios. Mas o homem foi “aconselhado a ir para casa e tomar sua medicação”.

Apenas três dias depois, o filho do casal Zakari William Bennett-Eko, de 11 meses, foi tirado de seu berço na manhã do dia 11 de setembro de 2019 e foi arremessado no rio em Manchester.

A acusação

Bennett-Eko foi seccionado sob a Lei de Saúde Mental em duas ocasiões e foi detido no Hospital Prestwich, mas Emma nunca soube, até o início do inquérito sobre a morte de Zakari, que iniciou nesta segunda-feira, 07 de fevereiro.

O pai, agora com 24 anos, foi considerado culpado de homicídio culposo com base na responsabilidade diminuída e condenado a uma ordem hospitalar indefinida em dezembro de 2020. O patologista Charlie Wilson disse que a causa da morte de Zakari foi imersão em água fria.

Testemunhas assistiram o momento que o bebê foi jogado dentro do rio
Testemunhas assistiram o momento que o bebê foi jogado dentro do rio (Foto: Reprodução/The Sun)