Bebê pode usar perfume?

Não tem nada mais gostoso do que dar um banho no bebê e senti-lo bem cheiroso. No meio disso, passar perfume pode gerar dúvidas e, por isso, te explicamos como cuidar do seu filho

Resumo da Notícia

  • Você sabe se o bebê pode usar perfume?
  • A gente sabe que não existe nada mais gostoso do que sentir o cheiro de bebê
  • Mas existem alguns cuidados que devem ser tomados na hora de perfumar o seu filho

Não existe nada mais gostoso do que um cheirinho de bebê, né? Justamente por causa disso, alguns pais se preocupam em manter essa fragrância irresistível, e surge a dúvida: pode passar perfume em bebê?

-Publicidade-

É recomendado passar perfume nos bebês apenas a partir dos dois anos de idade, por conta do cheiro forte e do álcool presente na maioria dos perfumes, que pode gerar alergias ao olfato e à pele sensível do bebê. Essa sensibilidade dura até o segundo ano de vida da criança, momento em que ela cria resistência a fatores externos. E está tudo bem, porque existem produtos que podem garantir esse cheiro sem riscos ao seu filho!

Use colônias

Uma alternativa mais suave e que também serve para perfumar o seu bebê são as colônias. Elas possuem um aroma mais delicado e podem evitar alergias no seu filho. Além disso, dentre as opções disponíveis no mercado, opte por cheiros mais delicados, como os florais ou de lavanda.

Não só o bebê, mas é importante que os pais também fiquem de olho nas fragrâncias escolhidas enquanto estão cuidando de bebês – especialmente os recém-nascidos. Isso porque até o cheiro dos adultos pode causar alergias no olfato delicado do bebê.

Como aplicar?

As colônias devem ser aplicadas no bebê logo após o banho – quando a pele dele ainda está úmida. Essa prática pode prolongar a fragrância do produto, que é mais aderente em peles molhadas. Atenção: é importante ficar atento à quantidade. Apenas um pouco do líquido é necessário para perfumar o seu filho!

Aplique suavemente a colônia na pele do bebê (Foto: Getty Images)

Passe delicadamente a colônia na pele do seu bebê. Dica: você também pode aplicar algumas gotas da colônia na roupa do seu filho para que o cheiro fique por mais tempo nele!

Como escolher a colônia certa?

Fique sempre atento à composição dos produtos comprados para o seu bebê. É importante que as colônias sejam livres de álcool e dermatologicamente testadas por pediatras. Mesmo assim, caso perceba alguma reação da criança à colônia, consulte um médico.

Existem marcas que garantem esse cuidado e conforto para o bebê. A Granado, para isso, possui uma diversidade de fragrâncias, contendo colônias com cheiro de camomila, lavanda, erva-doce e tradicional – todas elas não possuem álcool na composição e são livres de corantes, parabenos, álcool etílico e ingredientes de origem animal – além de serem dermatologicamente testadas.

A Granado possui uma variedade de fragrâncias delicadas e confortáveis para o seu filho! (Foto: Divulgação/ Granado)