Coronavírus: posso passar álcool gel na mão de recém-nascidos e crianças?

Com a pandemia do coronavírus, o hábito de higienizar as mãos se tornou mais frequente e essencial para prevenir o contágio. Mas qual é a forma correta de limpar as mãos do bebê?

Resumo da Notícia

  • É essencial manter a higiene das mãos em dia para evitar o contágio do coronavírus
  • A limpeza das mãos dos bebês e recém-nascidos pode ser feita com álcool gel ou água e sabão
  • Também é importante manter as mãos de quem vai entrar em contato direto com o recém-nascido sempre limpas
  • A transmissão do coronavírus é feita através da mucosa oral, do nariz e dos olhos
 

Quando há uma epidemia, como foi o caso da gripe H1N1 em 2009, o hábito de higienizar as mãos se torna mais frequente. Desta vez, com a pandemia do coronavírus, a preocupação com a higiene da família toda cresceu ainda mais.

Principalmente para os bebês, que não conseguem fazer a limpeza sozinhos, é essencial manter a higiene das mãos em dia para evitar o contágio do coronavírus. Mas qual é a forma correta de limpar as mãos do bebê? Pode passar álcool gel nas mãos de recém-nascido?

Sim! Segundo Dr. Claudio Len, pediatra, colunista e consultor da Pais&Filhos, pai de Beatriz, Silvia e Fernando, a higiene das mãos dos bebês e recém-nascidos pode ser feita com álcool gel ou água e sabão.

Cuidado desde cedo

Nos primeiros meses de vida, os bebês não exploram chão e objetos tão frequentemente, como as crianças. Apenas o banho dá conta de manter as mãos do seu filho limpa, mas em tempos de pandemia, a preocupação aumenta, então pode reforçar a higiene com álcool gel ou sabão em água.

Mais do que a limpeza do próprio bebê, é essencial manter as suas mãos e de quem vai entrar em contato direto com o recém-nascido sempre limpas. No começo, é importante se preocupar com a higiene dos brinquedos, objetos e as mãos dos adultos que pegam os pequenos.

E mais: não beije o recém-nascido, ok? Nem na cabeça, na mão, rosto e, principalmente, na boca. Essa é umas das principais formas de evitar o contágio em bebês e crianças, já que a transmissão do coronavírus é feita através da mucosa oral, do nariz e dos olhos.

(Foto: Getty Images)

Como fazer a higiene das mãos antes de pegar o bebê?

Você terá que lavar suas mãos todas as vezes que tiver contato com o bebê. Tenha cuidado especial quando for alimentá-lo, depois de limpá-lo ou se você tiver tocado o seu próprio nariz ou boca. É importante dizer a outras pessoas que vão interagir com seu bebê para fazer o mesmo.

Os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) sugerem esfregar as mãos com água corrente e sabão por pelo menos 20 segundos. Para ficar mais fácil, cante a canção “Parabéns para você” do começo ao fim duas vezes. Veja o passo a passo da higiene correta das mãos:

  • Use a quantidade de sabão suficiente para que a espuma cubra toda a superfície das mãos (lembre-se de tirar os anéis)
  • Dedique 15-20 segundos só no ato de esfregar. Cante o “Parabéns a você” por duas vezes para saber o tempo certo
  • Capriche na limpeza do espaço entre os dedos, além de esfregar o dorso e o punho
  • O ritual completo deve durar cerca de 50 segundos
  • Seque com toalha descartável (em ambientes coletivos)
  • Se a torneira não for automática, use a tolha de papel para fechá-la, ou lave também a torneira antes de lavar as mãos
(Fonte: Anvisa)

(Fonte: Anvisa)

Como se prevenir do coronavírus?

A transmissão do coronavírus é feita através da mucosa oral, do nariz e dos olhos. Por isso, os especialistas recomendam os mesmos cuidados tomados com doenças respiratórias para evitar o contágio pelo vírus: cobrir a boca com a manga da roupa, braço ou cotovelo em caso de tosses e espirros e sempre lavar as mãos.

Confira mais dicas da Sociedade Brasileira de Infectologia para reduzir o risco de infecção:

  • Evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente e antes de se alimentar;
  • Usar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar nas mucosas dos olhos;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Sono em dia: criar uma rotina e respeitar o corpo é fundamental para fortalecer o organismo.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!