“Perturbador e desumano”: mãe de bebê que apareceu com ‘camisa de força’ em creche faz desabafo

O Fantástico entrevistou 3 mães das crianças que apareceram no vídeo que circulou nas redes sociais

Resumo da Notícia

  • Um vídeo mostra crianças sendo amarradas com lençóis em um banheiro de escola infantil
  • 3 mães dos bebês que apareceram no vídeo disseram como se sentem após ver as imagens fortes
  • O caso aconteceu em uma escola infantil na Zona Leste de São Paulo

Você provavelmente deve ter visto um vídeo que circulou nas redes sociais, onde mostra crianças amarradas com um lençol que parece uma camisa de força, enquanto elas choram no chão do banheiro de uma escola infantil na Zona Leste de São Paulo.

-Publicidade-

A escola agora está sendo investigada pela polícia por maus-tratos e o Fantástico mostrou novas informações sobre a denúncia no último domingo. Três mães dos bebês que aparecem no vídeo foram entrevistadas. Em comum, o mesmo sentimento: indignação.

“É um misto, de raiva, de tristeza, de culpa. De como que meu filho passou por isso e eu não percebi. A pessoa aparece com um prato de comida na mão – um único prato, com uma única colher. É perturbador, desumano”, lamentou Bruna Naviskas. O que todas desejam também é justiça.

Os bebês foram amarrados com uma camisa de força e deixados no banheiro
Os bebês foram amarrados com uma camisa de força e deixados no banheiro (Foto: Reprodução/G1)

“Quero que a justiça seja feita, para eu conseguir pelo menos ter um pouco mais de paz comigo. É isso que eu espero; é por isso que eu estou falando com vocês. Uma criança ativa do jeito que ela é, espoleta, amarrada em uma espécie de camisa de força, é uma barbaridade“, revolta-se a mãe Fernanda Ronchi.

Pais de alunos e funcionários da escolinha já prestaram depoimento à polícia e uma das professoras ouvidas revelou à nossa equipe que a ordem de deixar as crianças que choravam no banheiro era da diretora do local.