Não somos loucas! Vontade de morder bebês tem explicação científica

Quantas vezes já não falamos em esmagar uma criança de tão fofa?

ft7
(Foto: Shutterstock)

Esmagar, apertar, morder… Não dá vontade de fazer essas coisas com aqueles bebês absurdamente fofos? Isso tem uma explicação científica! De acordo com um estudo de Rebecca Dyer e Oriana Aragon, de cientistas de Yale, nos Estados Unidos, esses sentimentos dão um mecanismo do nosso cérebro para regular as emoções.

-Publicidade-

O cérebro humano entende que o excesso de amor e carinho que sentimos ao ver um bebê é um desequilíbrio. Para tentar mudar isso, são enviadas reações contrárias, como vontade de morder, apertar e esmagar.

Leia também:

-Publicidade-

Entenda por que algumas crianças se batem quando são contrariadas

Por que não temos memória de quando éramos bebê?

Prepare-se para morrer de fofura com fotos desse bebê cabeludo

 

    -Publicidade-