6 pequenas coisas que você pode fazer todos os dias para tornar seu filho mais independente

Ensinar independência ao seu filho é fundamental, mas nem sempre é fácil. Separamos 6 dicas de coisas simples que você pode fazer todos os dias para ajudar seu filho a ter mais autonomia e segurança

Resumo da Notícia

  • Ter um filho independente pode fazer parte dos seus sonhos, mas a maneira como você lida com ele no dia a dia pode estar atrapalhando essa conquista
  • Com atitudes simples você pode começar a moldar o comportamento do seu filho para que ele seja mais independente
  • Além de ser bom pra ele, será ótimo para você poder ver o seu filho se desenvolvendo e de quebra ainda ganhar uma mãozinha aqui e ali

Como pai ou mãe, você deve querer que seus filhos sejam independentes. Mas nem sempre é fácil para eles se tornarem mais autossuficientes e responsáveis. Parte disso é porque o seu instinto, como pai ou mãe, muitas vezes é o de tornar as coisas mais fáceis para eles, ajudá-los em seus erros e limitar suas experiências ruins ou com fracasso. Leva tempo e esforço para tornar seu filho mais independente, mas as recompensas valem a pena. Aqui estão algumas coisas simples, listadas por Alanna Gallo, uma escritora e educadora parental americana, do que você pode fazer todos os dias para ajudar seu filho a ser mais independente.

-Publicidade-

Deixe que ele cometa erros

Pode parecer contra-intuitivo e esquisito no início, mas deixar as crianças cometerem erros vai ensiná-las a ter sucesso na vida. Quando seu filho cometer um erro, diga que está tudo bem e ajude-o a pensar em como ele pode se sair melhor da próxima vez.

Essa mudança de mentalidade pode guiar desde pequenos erros, como optar por não levar guarda-chuva quando a previsão indica que vai chover, até erros maiores, como tirar uma nota ruim em uma prova porque ele decidiu esperar até a noite anterior para estudar.

É difícil ver seu filho lutar. Mas se você se concentrar em ensiná-lo que o fracasso é apenas feedback, isso o ajudará a desenvolver uma mentalidade construtiva e, com essa mentalidade, ele será capaz de superar qualquer dificuldade com confiança.

Com atitudes simples você pode começar a moldar o comportamento do seu filho para que ele seja mais independente
Com atitudes simples você pode começar a moldar o comportamento do seu filho para que ele seja mais independente (Foto:  Parents)

Envolva-o em tarefas domésticas diferentonas

Tente encorajar seu filho a realizar pequenas tarefas como limpar brinquedos após o recreio, ajudar a guardar mantimentos e ajeitar o quarto. Certifique-se de dar a eles tarefas adequadas à idade e que sejam realmente necessárias. As crianças estão muito mais dispostas a ajudar quando sentem que contribuem de verdade com a casa.

As tarefas não precisam ser grandes, apenas algo que os faça pensar com antecedência e planejar. Por exemplo, se houver roupa suja se amontoando, pergunte o que ele acha que deveria acontecer. Incentive-o a trazer uma pilha de roupas para a máquina de lavar. Veja se ele pode te ajudar a separar e colocar as roupas na máquina. Talvez ele queira ajudar a apertar o botão, por exemplo. Fantástico! Todas essas pequenas tarefas são necessárias para começar a lavar a roupa e, ao envolver seu filho, ele se sentirá empoderado (e, eventualmente, chegará ao ponto em que poderá lavá-la sozinho!).

Ofereça opções e liberdade, mas dentro dos limites

Oferecer liberdade e permitir que seu filho faça escolhas é uma ótima maneira de empoderá-lo, criar confiança em suas habilidades de tomada de decisão e ajudar a construir um senso de responsabilidade. Quando ele pode fazer suas próprias escolhas, oportunidades são criadas para que ele experimente e entenda as consequências naturais de suas atitudes.

Oferecer muitas oportunidades para que os filhos façam suas próprias escolhas é uma maneira de os pais mostrarem a eles que suas preferências, desejos e necessidades são respeitados. Quanto mais prática as crianças tiverem para fazer suas próprias escolhas, melhor.

Lembre-se de que, se seu filho tiver muitas opções, pode ser que ele fique confuso. Então, em vez de dizer: ‘o que você quer fazer hoje?’. Pergunte se ele prefere ir ao parquinho ou fazer uma caminhada. Tente oferecer duas ou três opções com as quais você se sinta confortável – isso te ajudará a concordar com qualquer opção que ele escolher.

Dê espaço ao seu filho

As crianças precisam de espaço para aprender e se desenvolver. E não é provável que se tornem mais independentes se nunca tiverem a chance de realmente ser independentes. Incentive a independência, dando ao seu filho muitas oportunidades para explorar, sem ser supervisionado de forma exagerada. Se ele estiver brincando em outra sala, por exemplo, deixe-o brincar sem que você fique verificando-o toda hora (ou se você precisar verificar se está tudo bem, tente ser discreta). Deixe-o andar um pouco à sua frente na calçada (use seu bom senso com base no tráfego da rua). Dê a ele a chance de entrar na padaria, fazer o pedido e pagar enquanto você o assiste de uma distância segura. Tente encontrar pelo menos uma maneira todos os dias em que seu filho possa realizar algo “sozinho” sem você estar ao lado dele.

Evite corrigi-lo toda hora

Sempre que possível, evite corrigir seu filho quando ele estiver tentando fazer algo por conta própria. Por exemplo, se você pedir a ele para arrumar a cama e ela não estiver perfeita, resista à tentação de consertar (difícil, eu sei!). Sempre tente ter em mente que a perfeição não é o objetivo. O objetivo é permitir que seu filho assuma a responsabilidade. Ele não vai querer continuar tentando se todas as vezes que ele fizer, ele for corrigido.

Organize seu espaço pensando na independência do seu filho

A maneira como você organiza sua casa vai impactar a habilidade de seu filho de praticar a independência. Seu filho consegue alcançar as xícaras, pratos, garfos e guardanapos? Existe uma jarra de água que ele possa usar para encher o copo se ficar com sede? Você tem um cesto leve para que ele se encarregue de levar as roupas para a lavanderia? Ele pode alcançar uma pia e sabão para lavar as mãos sem ajuda?

Pense em maneiras de aumentar as chances de seu filho ser capaz de fazer algo sozinho. Por exemplo, você pode usar um cabide mais baixo de roupas para que sejam mais facilmente acessíveis. Adicione um gancho na altura dos olhos do seu filho para que ele pendure a mochila depois da escola. Mantenha um banquinho perto da cozinha para pegar o lanche da geladeira ou da despensa sem ajuda.

Lembre-se de que quanto mais você faz por eles, menos eles têm que fazer por si próprios. Pare e se pergunte: você faz muito pelo seu filho? Se a resposta for ‘sim’, escreva esta citação de Maria Montessori em algum lugar visível: “Nunca ajude uma criança em uma tarefa na qual ela sente que pode ter sucesso”. A chave para ajudar as crianças a se tornarem mais independentes é permitir que sejam independentes de forma ativa e confiante.