Criança de 10 anos salva mãe e irmão sequestrados pelo pai através de mensagem

A criança contatou familiar em pedido de socorro para os residentes da casa que se encontravam em cárcere privado

Resumo da Notícia

  • Menina de 10 anos envia mensagem para familiar como pedido de socorro em sequestro
  • O pai da família mantia o irmão caçula e a mãe da criança em cárcere privado
  • A prisão do homem já foi realizada em Aparecida de Goiânia/GO

Uma garota de 10 anos enviou uma mensagem de voz para um parente após descobrir que a mãe e o irmão estavam sendo sequestrados pelo pai da família. O homem estava mantendo os integrantes da família em cárcere. O caso ocorreu nesta segunda-feira (4).

-Publicidade-

De acordo com a polícia civil, o homem mora com a esposa e os dois filhos; a menina com 10 anos e o caçula com 4. Os militares também afirmaram que o caso só passou a se espalhar quando a vizinhança se assustou com o barulho dos gritos que vinham da casa da família, esta localizada no Jardim Bonança, em Aparecida de Goiânia, estado de Goiás.

A criança conseguiu gravar as ameaças feitas pelo pai (Foto: Getty Images)

Na mensagem de voz, é possível ouvir frases com tom assustado da garota. “Vai matar minha mãe… Eu estou com medo”, disse a criança. “Vou arrebentar a porta do quarto, viu? Vontade de explodir sua cabeça”, disse o pai desta. Além disso, também é possível ouvir a voz da mãe pedindo para que o suspeito parasse: “Para com isso, os meninos estão aqui”.

Enquanto estava na presença da polícia, o homem só confirmou sua culpa após horas de negociação. Após assumir a atitude, este foi destinado ao Central de Flagrantes de Aparecida de Goiânia e lá permanecerá preso.

A mãe das duas crianças negou ter sido vítima do marido e declarou, então, que o homem começou a usar drogas há cerca de 1 ano. Ainda em sua declaração, a esposa contou que o marido chegou na residência armado e altamente alterado, entretanto, disse não ter sido usada como refém e até mesmo tentou protegê-lo dos policiais. De acordo com a polícia, a mãe da vítima, sogra do suspeito, também depôs.

Em relato ao veículo g1, a defesa do sequestrador afirmou que o indivíduo possui problemas psiquiátricos graças ao uso de drogas e que a atitude foi realizada por um surto que teve na segunda-feira (4). “O relato dos policiais militares acabou sendo corroborado por arquivos de áudio possivelmente feitos pela filha do casal e por imagens e vídeos que comprovam que ela realmente estava sendo mantida em cárcere privado”, afirmou o delegado. O homem foi condenado pelos crimes de cárcere privado, desobediência e disparo de arma de fogo.